Vacina para 40 anos e mais deve ser aprovada hoje

O Primeiro Ministro Naftali Bennett convocou uma entrevista coletiva para falar do aumento da morbidade e da implementação do Passaporte Verde e do selo roxo, que entraram em vigor nesta quarta-feira.

Nas outras vezes em que houve uma coletiva de imprensa, nenhuma pergunta foi permitida, apesar de muitas críticas. Esta noite, os jornalistas foram autorizados a fazer perguntas.

“O governo israelense trouxe conquistas importantes”, começou Bennett, “Temos um orçamento, colocamos fim a três anos de caos sem um orçamento. Fortalecemos o exército para garantir a superioridade de nossos soldados que enfrentam problemas de segurança. Investimos bilhões na reabilitação do sistema de saúde, que foi negligenciado por muitos anos e realizamos reformas ousadas para aumentar a concorrência na economia”.

“Ao lado disso, estamos lidando com uma nova onda global da cepa delta do vírus corona, que já coloriu de vermelho a maioria dos países do mundo. E governos ao redor do mundo estão tentando encontrar uma maneira de lidar com a mutação que definitivamente criou uma nova situação. Nós, no Estado de Israel, somos os pioneiros na terceira dose da vacina. Se continuarmos a ser vacinados em larga escala, vamos superar o delta”.

LEIA TAMBÉM

“A decisão não foi fácil para nós, mas sabíamos que era a maneira certa de lutar contra o Corona. Portanto, digo com clareza: se os cidadãos de Israel continuarem a ser vacinados em grande escala, podemos superar o delta. Está ao nosso alcance. Cerca de cinco meses atrás, em março, o Delta entrou pela primeira vez em Israel e começou a se estabelecer aqui. O que diferencia o Delta? É uma cepa que se multiplica mais rápido. Portanto, quando um paciente positivo é encontrado, seu corpo tem uma carga viral de cerca de mil vezes e é por isso que é tão contagioso. O governo israelense opera de acordo com uma estratégia clara: manter sua saúde e manter seu sustento. Esses são os dois objetivos”.

“Faremos de tudo para que possam sustentar suas famílias com dignidade, para que seus filhos não tenham que estudar 200 dias por ano na frente do Zoom, como foi o caso no ano passado. Os fechamentos nos custaram NIS 200 bilhões. É a última linha de defesa, que será usada somente quando todas as outras opções foram esgotadas. Os fechamentos nos custaram NIS 200 bilhões, que evaporaram. Todos nós teremos que pagar essa dívida”.

O primeiro-ministro lembrou que nesta quinta-feira deverá aprovado o início da vacinação de pessoas com 40 anos ou mais com a terceira dose. “O que aumenta a morbidade são os não vacinados ou os não vacinados até o fim. Assim que for confirmada a vacinação para quem tem 40 anos ou mais, corro para me vacinar. ”

“Peço a quem ainda não recebeu a terceira vacina, que o faça imediatamente. O país não é babá, não espere que alguém te leve para se vacinar”.

Fonte: Kipa
Foto: Captura de tela GPO