Vacinação deve começar dia 20 de dezembro

De acordo com as autoridades do Ministério da Saúde de Israel, em duas semanas começa a vacinação contra o coronavírus.

O diretor-geral do Ministério da Saúde, Chezy Levy, informou às Kupot Cholim do país que elas deveriam se preparar para o início das vacinações em 20 de dezembro.

A vacinação se dará em pequenos números no início, mas deve começar a em grande escala ainda neste ano, quando um grande carregamento de vacinas da Pfizer deve chegar a Israel.

Espera-se que pelo menos 110.000 doses da vacina Pfizer contra o coronavírus cheguem hoje e a equipe médica do Centro Médico Sourasky de Tel Aviv se inscreveu para ser a primeira a ser inoculada.

LEIA TAMBÉM

As vacinas devem chegar em um voo especial pela transportadora DHL e serão transferidas diretamente para o Centro de Logística Teva SLE, onde serão armazenadas antes da distribuição em todo o país.

Israel comprou oito milhões de doses da vacina Pfizer – o suficiente para quatro milhões de pessoas.

Os centros médicos Baruch Padeh, Barzilai, Wolfson e Soroka anunciaram que estavam prontos para receber a vacina.

O Baruch Padeh enviou uma mensagem aos 1.500 membros da equipe que dizia: “Todos seremos vacinados”.

“Nós, que estamos na vanguarda da guerra contra o coronavírus, devemos ser os primeiros a ser vacinados”, disse Erez Onn, diretor-geral da Baruch Padeh, “para que possamos continuar a prestar um atendimento profissional e dedicado… Somos nós que devemos servir de exemplo para todo o público”.

A Dra. Anat Angel, do Wolfson, disse que o processo de vacinação de sua equipe de mais de 3.000 pessoas seria documentado e realizado “imediatamente e sem atrasos”.

“Tendo tido sucesso bem acima da média nos anos anteriores com vacinações contra a gripe do pessoal … tenho certeza, sem dúvida, também lideraremos nas vacinações contra o coronavírus”, disse ela.

Foto: Pikist