A abertura da maior Macabíada de todos os tempos

Cerca de 10.000 atletas de mais de 60 países participaram da cerimônia de abertura da 21a Macabíada, no Estádio Teddy de Jerusalém, na noite desta quinta-feira.

A cerimônia contou com a presença do presidente dos EUA, Joe Biden, e do primeiro-ministro de Israel, Yair Lapid.

Segundo os organizadores, foi a primeira vez, desde o início dos jogos, em 1932, que um presidente dos EUA participou da cerimônia.

Por mais de duas horas, atletas de todas as idades entraram no estádio no desfile das delegações.

O presidente dos Estados Unidos chegou por volta das 20h30 e teve tempo de assistir à entrada da delegação dos Estados Unidos, a maior da competição, com 1.600 componentes, depois da israelense, que tem 3.000 atletas.

As equipes nacionais variam de centenas de membros para países com grandes populações judaicas, como EUA e Canadá e Brasil, a um único membro como o Japão. A equipe de Bahamas, com apenas oito atletas participa dos Jogos Macabeus pela primeira vez.

A delegação brasileira é composta por cerca de 600 competidores.

LEIA TAMBÉM

Um momento emocionante foi a entrada da delegação ucraniana. O estádio explodiu em uma ovação de pé, quando a delegação composta por 38 atletas do país devastado pela guerra entrou no estádio.

Os Jogos Macabeus deste ano serão os maiores já realizados, com mais de 30.000 competições individuais em 42 esportes.

Os eventos são os primeiros desde 2017, após os Jogos de 2021 terem sido cancelados devido à pandemia.

Vários medalhistas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2021 em Tóquio, liderados pelos medalhistas de ouro Linoy Ashram e Artem Dolgopyat, acenderam a tocha da Macabíada. O ex-jogador de beisebol do Red Sox, Ian Kinsler, também fez parte da cerimônia da tocha.

Pouco antes de Biden chegar, uma queda de energia atingiu o estádio por cerca de 20 minutos. Os atletas continuaram a desfilar, apesar dos alto-falantes e telas não funcionarem. Os serviços de combate a incêndios disseram que a interrupção foi causada por uma caixa elétrica queimada nos bastidores.

A parte musical da cerimônia de abertura ficou por conta dos cantores como Jordan (Jordi) Peleg, Ron Biton e Hanan Ben-Ari subindo ao palco. Os pop star Static e Ben El deslumbraram o público com a apresentação de sua mais nova música, “Carnival”.

O destaque foi Eden Ben Zaken, cuja adaptação da música icônica de Yehoram Gaon “You Will Not Beat Me” deixou o público maravilhado. Sua apresentação abriu a cerimônia com uma série de fogos de artifício.

Moshe Elimelech, uma australiano-israelense cuja filha é a capitã da equipe de tênis australiana estava muito emocionado. Elimelech, que agora mora em Israel, exibiu uma camisa de futebol de sua participação com a equipe australiana no s Jogos Macabeus de 1997.

Quatro membros da delegação de Elimelech morreram durante a cerimônia de abertura desses jogos há exatamente 25 anos, quando uma ponte que levava os atletas ao estádio desabou no poluído rio Yarkon.

No início da semana, toda a delegação australiana de 560 pessoas visitou um memorial aos atletas mortos no colapso.

Os eventos e atividades públicas incluem as festividades de oito dias da “Aldeia Maccabiah” na Praia Poleg de Netanya, uma corrida noturna em Jerusalém, uma feira de esportes e tecnologia no velódromo de Tel Aviv e várias festas em todo o país.

Fontes: The Times of Israel e The Jerusalem Post
Foto: Captura de tela (YouTube David Rubin)

One thought on “A abertura da maior Macabíada de todos os tempos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.