Startup israelense detecta corona em carros

Crispify, uma startup israelense, desenvolveu um sistema para monitorar a qualidade do ar em carros, identificando vírus e bactérias, incluindo o coronavírus.

Com base em pesquisas do Center for Disease Control (CDC) e da Sociedade Americana de Engenheiros de Aquecimento, Refrigeração e Ar Condicionado (ASHRAE), foram desenvolvidos algoritmos de inteligência artificial para identificar ameaças no ar.

De acordo com o site geektime.com, os sensores no veículo monitoram micropartículas, poeira, bactérias, vírus, gases, produtos químicos, temperatura e essencialmente todo tipo de molécula nociva.

O sistema alerta os motoristas sobre poluentes perigosos em tempo real, além de fornecer previsões de reaparecimentos no futuro.

LEIA TAMBÉM

“A pesquisa comprovou uma relação direta entre a presença do COVID-19 no ar e os níveis de partículas, CO2 e umidade do ar. A Crispify usou essas hipóteses, direcionou-as para a indústria automobilística e desenvolveu um índice de nível de risco de exposição a vírus”, explicou o CEO e co-fundador Adam Feldman.

O Crispify segue o Aura Air, um sistema de tecnologia israelense que purifica o ar contaminado pelo coronavírus. No início de dezembro de 2020, a Aura Air foi instalada no Palácio da Zarzuela, em Madrid, onde o Rei de Espanha recebe convidados estrangeiros e realiza reuniões governamentais.

Os sensores examinam as partículas no ar, bem como temperatura, umidade, quantidade de dióxido de carbono, gases orgânicos e muito mais. Quando os sensores detectam fenômenos incomuns ou um aumento perigoso da poluição, o sistema cria uma rotação completa do ar a uma taxa média de 2,5 vezes por hora para purificá-lo.

Um estudo realizado no Sheba Medical Center concluiu que o sistema tem a capacidade de destruir vários vírus, incluindo o coronavírus a uma taxa de 99,9%.

No entanto, Feldman afirmou que o Crispify tem como alvo os proprietários de automóveis, enquanto a Aura Air se concentra principalmente no ambiente doméstico e de escritório.

Feldman disse ao geektime.com que “desenvolvemos o primeiro sistema móvel e independente para uso na cabine. Entre as principais vantagens do Crispify está a adaptação completa de suas tecnologias de hardware e software à indústria automobilística.”

Nos EUA, tanto a ZipCar quanto a Avis utilizam o sistema da Crispify em seus veículos.

Foto: Pxhere

2 thoughts on “Startup israelense detecta corona em carros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *