Acordo histórico rende frutos em cooperação acadêmica

A Universidade Bar-Ilan de Israel e a Gulf Medical University (GMU) dos Emirados Árabes Unidos assinaram um acordo histórico para cooperação acadêmica e de pesquisa na área da medicina.

O acordo contempla o intercâmbio de pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação, programas acadêmicos conjuntos nas áreas de ciências médicas e a publicação de estudos compartilhados entre cientistas da GMU e da Faculdade de Medicina Azrieli, da Universidade Bar-Ilan.

A assinatura do convênio foi realizada esta semana por meio de videoconferência, uma vez que não pôde ser presencial devido à pandemia do coronavírus.

É mais um avanço no âmbito dos Acordos de Abraham, assinados por Israel, Emirados Árabes Unidos e Bahrein em setembro de 2020.

LEIA TAMBÉM

O presidente da Bar-Ilan, Professor Arie Zaban, afirmou que “uma das conquistas mais importantes dos Acordos de Abraham é a oportunidade de colaborações acadêmicas entre universidades em Israel e nos Emirados Árabes Unidos”.

“A pesquisa e a educação em ambos os países avançarão dramaticamente graças ao seu capital humano, que até agora não conseguiu unir forças para um objetivo comum”, acrescentou Zaban.

“Esperamos muito por este momento e, assim que os Acordos de Abraham foram assinados, nosso governo aproveitou a oportunidade para uma cooperação mutuamente benéfica com nossos colegas em Israel”, disse o professor-chefe da GMU, Hossam Hamdy.

Esperamos “visitar Israel em breve e que a liderança da Universidade Bar-Ilan também nos visite aqui”, concluiu o acadêmico dos Emirados Árabes Unidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *