Arquivo dos EAU e Biblioteca de Israel assinam acordo histórico

A Biblioteca Nacional de Israel (NLI), sediada em Jerusalém, e os Arquivos Nacionais dos Emirados Árabes Unidos, em Abu Dhabi, assinaram um memorando de entendimento (MoU) histórico.

O MoU, que foi assinado pelos diretores dos dois institutos, Oren Weinberg e Abdulla M. Alraisi, compromete ambas as instituições “a trabalharem juntas em apoio a objetivos mútuos ou próprios e em benefício do setor de patrimônio cultural e documental internacional”,.

Válido por um período inicial de três anos, o acordo estabelece várias áreas de colaboração, incluindo “digitalização e compartilhamento digital de acervos e materiais de pesquisa; compartilhamento de conhecimento profissional; intercâmbio cultural, como conferências, workshops, treinamentos, viagens de estudo, exposições e mais”.

No que diz respeito à esfera digital, várias iniciativas específicas já estão sendo discutidas, de acordo com o comunicado.

David Blumberg, presidente do Conselho de Administração do NLI, disse que tais colaborações culturais serviriam como pedra angular para laços duradouros entre os dois países.

LEIA TAMBÉM

“Não tenho dúvidas de que o verdadeiro salto para a garantia de uma paz sustentável e de relações cordiais ao longo do tempo estará na esfera dos laços culturais e na importância do respeito pelas outras culturas. Estou certo de que a estreita colaboração entre os Arquivos Nacionais dos Emirados Árabes Unidos e a Biblioteca Nacional de Israel servirá como pedra angular para garantir relações calorosas para o benefício mútuo de ambos os países no futuro”, disse ele.

O diretor dos Arquivos Nacionais dos Emirados Árabes Unidos, Abdulla M. Alraisi, disse que a colaboração com o NLI ajudaria a cumprir a missão central do Arquivo de “documentar a memória da pátria por gerações”.

“Aqui estamos hoje tentando completar nossa missão alcançando o acervo da Biblioteca Nacional de Israel para aumentar o acervo do Arquivo Nacional com mais documentos, livros e periódicos publicados em hebraico, o que se tornou de grande importância para os intelectuais e os interessados em história, patrimônio e ciências contemporâneas”, disse ele.

Fundada em 1892, a NLI, a principal biblioteca de pesquisa de Israel, está atualmente construindo um novo campus, próximo à Knesset em Jerusalém, que deve ser inaugurado no próximo ano.

O Arquivo Nacional dos Emirados Árabes Unidos foi criado em 1968 com o nome de “Bureau de Documentos e Pesquisa”, com o objetivo de reunir e preservar documentos e informações relacionadas à história e cultura da Península Arábica em geral e dos Emirados Árabes Unidos em particular. Em 1972, seu nome foi alterado para Centro de Documentação e Pesquisa.

Fonte: JNS
Foto: Cortesia de NLI