As melhores experiências turísticas esperam por você em Israel

Israel está fechado para os turistas estrangeiros, devido à disseminação do corona, mas quando abrir, o turista poderá vivenciar experiências inesquecíveis e emocionantes. Eis alguns projetos que foram lançados nos últimos meses, que podem movimentar suas próximas férias em Israel.

Jerusalém

A Cidade Velha de Jerusalém lançou a primeira fase de um ambicioso projeto de acessibilidade, em 2019, para tornar suas estreitas vielas de paralelepípedos mais amigáveis para cadeiras de rodas, carrinhos de bebê e pessoas com problemas de mobilidade.

O projeto plurianual continuou durante a paralisação do turismo, incluindo a instalação de corrimãos nas muitas escadarias da Cidade Velha, novos sinais direcionais, substituição de revestimento de pedra desgastado e sinalização explicando achados históricos ou arqueológicos em espaços públicos.

A Companhia para a Reconstrução e Desenvolvimento do Bairro Judeu na Cidade Velha de Jerusalém está construindo um sistema de dois elevadores e um túnel para levar os visitantes pela descida mais de 20 metros do Bairro Judeu até a Praça do Muro Ocidental, atualmente acessível apenas por escadaria.

Haverá também espaços abertos cobertos onde os visitantes poderão descansar. Os elevadores devem estar operando dentro de três a seis meses, uma boa notícia para os cerca de 8 milhões de pessoas que visitam o Muro das Lamentações todo ano.

LEIA TAMBÉM

Uma nova rota que será inaugurada em agosto nos túneis do Muro das Lamentações revelará aos visitantes novos achados, incluindo os restos recém-descobertos de um dos mais magníficos edifícios públicos descobertos do período do Segundo Templo.

De acordo com Shlomit Weksler-Bdolach, diretora de escavação da Autoridade de Antiguidades de Israel, a opulenta estrutura foi construída por volta de 20 a 30 dC e incorporou uma fonte alimentada por tubos de chumbo construídos nas capitais coríntias projetando-se da parede.

O Museu Torre de David iniciou um projeto para preservar e conservar a cidadela histórica e o parque arqueológico, enquanto dobra a área atual do museu de história de Jerusalém para 20.000 metros quadrados. O plano inclui um novo centro de visitantes com entrada rebaixada, sete novas galerias, um café, uma experiência multissensorial no sítio arqueológico Kishle do museu, espaços de exposição adicionais e banheiros públicos e dois elevadores para melhorar a acessibilidade.

Uma área contendo achados romano-bizantinos significativos abaixo da praça do Portão Jaffa foi anexada ao museu depois de ter sido abandonada por mais de uma década. Uma nova ala educacional incluindo salas de aula e um auditório será construída nesta área.

Um passeio alinhado com as descobertas arqueológicas deste local levará os visitantes da nova entrada do museu para a Ala Educacional e se conectará ao estacionamento sob o shopping Mamilla do outro lado da rua.

Tel Aviv

Caminhar e andar de bicicleta são ótimas maneiras de visitar a planície de Tel Aviv, e agora há duas melhorias dignas de nota. Uma é a abertura do Parque da Ferrovia Tel Aviv-Yafo (HaMesila) ao longo da rota da antiga ferrovia otomana, conectando Nahalat Binyamin e a rua Herzl à praia com muitas trilhas para ciclismo e caminhadas. O metrô leve de Tel Aviv viajará no nível subterrâneo do parque.

Além disso, novas extensões significativas para as ciclovias ao redor da cidade, incluindo ao longo de vias importantes como a Dizengoff, tornaão a cidade ainda mais amigável para os turistas sobre duas rodas.

O ANU recentemente se tornou o primeiro museu israelense a oferecer a tecnologia OrCam MyEye que se prende aos óculos de visitantes cegos ou deficientes visuais e lê qualquer texto impresso ou digital em voz alta para o usuário.

“I Remember, Friend”, uma grande experiência multimídia desenvolvida pela cidade em parceria com o Yitzhak Rabin Center, apresenta curtas-metragens (em hebraico, inglês, árabe, francês, espanhol, russo, mandarim e alemão) sobre o assassinato do primeiro ministro Yitzhak Rabin e enfoca o impacto do episódio na sociedade israelense e no desenvolvimento da Praça Rabin como a “Praça da Democracia Israelense”.

Ashdod

A cidade costeira de Ashdod é a sexta maior cidade de Israel e onde fica o maior porto do país.

Em junho, a cidade inaugurou Luzes de Ashdod, uma trilha de caminhada audiovisual de 800 metros combinando videoarte, mapeamento de vídeo, efeitos de luz, laser, telas de água e hologramas. Começa todas as noites às 20h, exceto sexta-feira, gratuitamente.

O show Luzes de Ashdod começa no topo do prédio da Prefeitura, continuando até as paredes do Centro Cultural Monart e no Parque Marinho de Ashdod.

A rota será estendida mais tarde para chegar ao icônico Ashdod Performing Arts Center, que será um ponto de transição para outra exibição audiovisual recentemente lançada na vizinha Fortaleza de Ashdod Yam.

O show de 10 minutos nas paredes originais da fortaleza da era das Cruzadas conta a história de Ashdod desde a antiguidade, passando pelos filisteus, até os dias atuais. Custa 10 shekels por pessoa, mas a própria fortaleza está aberta gratuitamente e há apresentações culturais muitas noites ao pôr do sol.

Colinas da Judeia

A trilha de Emaús, uma trilha de caminhada recém-inaugurada, segue os passos da história do Evangelho de Lucas sobre o encontro de Jesus ressuscitado com dois discípulos na estrada de Jerusalém para a vila de Emaús Nicópolis.

A trilha de Emaús, de 18 km, começa perto da vila de Abu Ghosh e é uma das rotas mais bonitas e menos percorridas nas colinas da Judéia. Próximo ao início da trilha está o Centro de Visitantes Saxum, que abriga um museu multimídia dedicado à vida de Jesus.

Eilat

Eilat está lançando um programa de eventos “Eilat Free” projetado para fornecer aos visitantes uma variedade de programas em grupos pequenos. Entre as atividades gratuitas, abertas até o final de outubro, estão uma festa de dança com fone de ouvido móvel liderada pelo Teatro Elad ao longo do calçadão de Eilat, apresentações de acrobacias aéreas na fonte musical da cidade, aulas de ioga ao nascer e pôr do sol à beira-mar, aulas de SUP (standup paddleboard), caminhada guiada na água e jogos aquáticos para crianças.

Às sextas-feiras, haverá um Kabalat Shabat na Praia de Dekel e, ao longo da semana, haverá passeios guiados que vão desde um parque de pássaros a galerias de arte e degustações em restaurantes locais.

https://www.israel21c.org/new-tourist-experiences-awaiting-you-in-israel

Foto: Elad Theatre (cortesia)

One thought on “As melhores experiências turísticas esperam por você em Israel

Fechado para comentários.