As perguntas mais frequentes numa entrevista de trabalho

Por Betina Nudelman-Tal e Claudia Ajbeszyc

Como “contar a minha história ocupacional”?

Existe um grande significado no estilo de como você “conta a sua história” e a forma de como você se apresenta. Cursos de “storytelling” estão fazendo o maior sucesso, pois ensinam cada um a contar sua própria história de uma forma bem atraente.

Há várias maneiras de contar a mesma história. É preciso encontrar a versão que melhor se adapta a você, com a qual você se sinta confortável e que o apresentará de uma maneira sincera. E tente encurtar os pontos que sejam menos relevantes para a sua entrevista.

As perguntas da entrevista de emprego podem ser divididas em perguntas fechadas e abertas. A maioria das perguntas é aberta. Aqui vão alguns exemplos de perguntas abertas:

1 – “Fale um pouco sobre você” – é uma pergunta confusa, são inúmeras coisas que uma pessoa pode contar sobre si mesma, então, é importante antes da entrevista se preparar (vale até “ensaiar em frente ao espelho”) para poder contar o que é mais relevante e o que é menos, e o que você gostaria de enfatizar. O treinamento também reduz a ansiedade e ajuda você a se concentrar.

2 – “O que você sabe sobre nossa empresa?” – esta pergunta vem para verificar o quanto você está preparado para a entrevista (ou quanto material coleta antes de uma reunião) e quais detalhes são mais importantes para você – aprenda nas redes sociais o que falam desta empresa, visite o site, tente reunir o máximo de detalhes possível. Os entrevistadores ficam muito impressionados quando chegam prontos para a reunião.

3 – “Quais são seus pontos fracos e fortes” – é importante pensar em todos os seus pontos fracos e fortes – quais pontos fortes / fracos você gostaria e deve enfatizar. Seja autêntico! Um bom entrevistador sente quando o candidato tem falta de autenticidade / confiabilidade e isso logo gera uma desqualificação.

4 – “Por que você deixou um emprego anterior?” – tente pensar sobre quais informações você gostaria de apresentar e o que quer compartilhar. E, novamente, fale a verdade até no caso de ter sido demitido do último emprego, sempre podemos dizer que houve “interesses ou objetivos diferentes”.

5 – “Onde você se vê nos próximos cinco anos?” – é importante para o entrevistador verificar se você está disposto a ficar por muito tempo na empresa e se o cargo é realmente adequado para sua motivação e paixão. Pense nisso antes, para que possa responder bem a esta pergunta. Verifique se o cargo atende às suas expectativas e vai ajudá-lo a alcançar as metas que deseja.

Outras perguntas comuns neste tema podem ser: Por que você ficou em uma determinada posição por tão pouco tempo (ou ao contrário, ficou no mesmo cargo por tanto tempo?); Por que você não fez exército? / serviço curto e etc.

6 – “Você pode fazer horas extras quando necessário?” – Sobre esta questão as opiniões se dividem, alguns argumentam que é certo dizer a sua capacidade já na entrevista e responder com sinceridade. Por outro lado, outros argumentam que não vale a pena contar nossas dificuldades logo no começo e contar apenas quando elas surgem e assim seu lugar na empresa já está garantido e estabelecido. Depende de você tomar essa decisão. Infelizmente, existe uma certa discriminação em algumas profissões / empresas em relação às mães. Portanto, em relação a esta questão, escolha como lidar da melhor forma possível durante a entrevista.

7 – “Por que devemos contratar você?” – esta pergunta pode ser difícil para pessoas com baixa autoestima, assim como a modéstia que às vezes é importante nas entrevistas de emprego. Agora é o momento de você “se vender”‘ e falar das suas qualidades únicas e específicas em relação ao cargo e se apresentar de forma focada e convincente. Sem falsa modéstia!!!

8 – “Expectativa salarial” – pergunta nem sempre fácil para os entrevistados: “Como vou saber se um valor muito alto (ou um valor inferior ao normal) não vai me desqualificar?” Dê uma olhada nos sites de tabelas salariais. Se você sabe qual é a média no mercado para os anos de experiência que você tem, pode responder a esta pergunta. Você também pode pesquisar e verificar com amigos e fóruns qual é o salário de uma profissão específica.

“Química”

Um dos fatores principais numa entrevista é a “química” e a energia criada entre você e o entrevistado durante a entrevista. Tente entender quem está sentado na sua frente. O que ele realmente quer ouvir? Será que nós combinamos para um trabalho em conjunto? Fique atento à pessoa que esta te entrevistando e ao ambiente que causou na entrevista, acredite na sua intuição!!!

A primeira impressão é difícil de mudar. Por isso é importante chegar preparado. Resumindo, para ter sucesso em uma entrevista de trabalho, você precisa de certas habilidades, aptidão ao cargo, autoconfiança, uma certa personalidade, química com os entrevistadores, sorte e às vezes até conexões… e muito mais. Boa sorte!!

Foto: Igor Link (Pixabay)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *