Estendida prisão da terrorista que executou ataque à faca

A terrorista que executou um ataque à faca em Jerusalém Oriental teve sua detenção estendida por mais cinco dias.

Em 8 de dezembro, um incidente de esfaqueamento foi relatado na área de Sheikh Jarrah, em Jerusalém Oriental, no qual uma jovem esfaqueou Moriah Cohen, uma das únicas residentes judias na vizinhança, enquanto ela caminhava pela rua com seus cinco filhos pequenos.

Forças policiais e unidades de saúde chegaram ao local e a mulher foi levada para o hospital ainda com a faca cravada nas costas. A polícia começou a investigar as circunstâncias do incidente, enquanto realizava buscas extensas na área.

A terrorista de 14 anos, cujo avô é um dos peticionários contra a evacuação de casas em Sheikh Jarrah, vizinha da vítima, foi localizada em sua escola perto do local do ataque e foi presa pela polícia depois que algumas das roupas que ela usava durante o ataque foram encontradas em vários locais da escola, inclusive na sala da diretora.

Além da jovem, outra estudante da mesma escola, também foi presa por suspeita de obstrução de investigação e ocultação de provas, sendo as duas encaminhadas para interrogatório na Unidade Central do Distrito de Jerusalém.

LEIA TAMBÉM

O inquérito policial revelou que antes da terrorista realizar o ataque ela colocou a touca do casaco na cabeça e seguiu a mulher por alguns minutos, até que de repente ela a apunhalou nas costas. Após o esfaqueamento, ela fugiu para a escola onde estuda e trocou de roupa para esconder evidências.

Após a conclusão das ações investigativas necessárias e a formação de uma base probatória, uma declaração do Ministério Público foi apresentada contra ela em nome do Ministério Público e sua detenção foi prorrogada, até a próxima segunda-feira.

Fonte: Maariv
Foto: Polícia de Israel

2 thoughts on “Estendida prisão da terrorista que executou ataque à faca

Fechado para comentários.