Você foi contratado para um novo emprego. Como negociar neste momento de incerteza?

Por Cláudia Ajbeszyc e Betina Nudelman-Tal

Apesar do mercado de trabalho estar fraco nesta época de crise, ainda existem empresas que continuam absorvendo novos funcionários. Nesse período, o processo de negociação pode ser desafiador: o que podemos exigir e o que não é recomendável desistir mesmo nesta fase de desaceleração do mercado?

Antes de fechar um contrato, é muito importante dar uma pesquisada sobre a empresa: ative seu network, use e abuse das redes sociais e consulte seus contatos que possam ajudar.

O que é recomendável saber com antecedência, onde encontrar informações relevantes e aonde se deve fazer concessões?

Aqui vão os principais pontos:

1. Salário

Existem várias tabelas salariais que fornecem indicação das faixas salariais em cada cargo, nível e anos de experiência. Veja aqui um exemplo no site DRUSHIM.

Mas especialmente neste período, não é aconselhável confiar apenas nessas tabelas. Antes de negociar o seu salário, é importante saber com antecedência se a empresa com a qual você está quase fechando o contrato fez um corte salarial nos últimos tempos e se foi um corte radical. Hoje em dia, podemos encontrar estes detalhes nas redes, em digital magazines, etc.

2. Bônus

Muitas das empresas que geralmente davam bônus anual aos funcionários, nesta crise atual, cortaram este bônus. No caso da empresa com a qual você está prestes a concluir o contrato ainda conceder bônus que dependerá das suas metas, pode ser outro ponto na fase de negociação.

3. Dias de ausência por motivo de doença:

De acordo com a lei, um empregado que se ausentar por motivo de doença terá o direito de receber do empregador no 2º e 3º dias do período de ausência 50% do salário normal, e a partir do 4º dia, 100% do seu salário. Existem empresas que fazem o pagamento integral desde o 1º dia. Este tema também se negocia na hora de assinar o contrato

4. Dias de férias

Este pode ser outro ponto negociável. É um benefício que vale dinheiro, mas em dias como estes, é mais fácil para muitas empresas concedê-lo.

5. Bolsa de estudo

Existem empresas que estão dispostas a ajudar a pagar estudos ou cursos, dando assim uma motivação ao funcionário para avançar na empresa. São coisas importantes a perguntar na hora de assinar o contrato.

Em um mercado saturado de candidatos, mais do que nunca, é importante chegar pronto na assinatura do contrato, saber fazer as perguntas certas e, o mais importante, saber quando insistir e quando desistir.

Foto: pxhere

One thought on “Você foi contratado para um novo emprego. Como negociar neste momento de incerteza?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *