Cerca de 7% dos israelenses não falam hebraico

O Bureau Central de Estatísticas de Israel divulgou um relatório revelando que aproximadamente 7% dos israelenses não falam hebraico, a língua oficial do país.

Os dados indicam que 72% dos israelenses com mais de 20 anos falam hebraico em um nível classificado como “muito bom”, 13% “bom”, 8,2% em um nível “médio” e 7,4% é “fraco” ou não falam quase nada.

Segundo o órgão de Estatística, a idade também é um fator a ser levado em consideração na análise do conhecimento da língua entre a população israelense.

Em relação à leitura: 8,6% dos judeus com mais de 65 anos que vivem no país não sabem ler hebraico, enquanto na faixa de 20 a 44 anos, a ignorância neste assunto mal chega a 0,5%.

LEIA TAMBÉM

Entre a população árabe israelense apenas 32% falam muito bem e 43% com fluência moderada, fraca ou sem fluência.

Além disso, há diferenças claras entre os gêneros também: os homens árabes que falam hebraico em um nível bom ou muito bom somam 67%, enquanto a mesma taxa entre as mulheres é de 46%.

A questão da idade também é relevante na população árabe, já que 50% dos maiores de 65 anos não sabem ler a língua e na faixa de 20 a 44 anos, esse índice cai para 11%.