Colete para comunicação com cães pelo tato

Pesquisadores da Universidade Ben Gurion, no deserto de Negev, desenvolveram um colete que ajuda os proprietários a se comunicar com seus cães através da tecnologia háptica, que envolve o sentido do tato.

O colete contém quatro pontos de vibração, que são distribuídos nas costas e nos lados do cão. O animal pode ser treinado para responder diferentemente a cada tipo de vibração, que são controladas a partir de um comando que o usuário manipula. O colete pode ser utilizado para missões de resgate onde os cães são usados, para controlá-los à distância ou ajudar pessoas com deficiência, sejam eles impedimentos táteis ou verbais.

O professor Amir Shapiro, diretor do Laboratório de Robótica da Universidade Ben Gurion, afirmou que foi descoberto que “os cães respondem igualmente e melhor aos comandos de vibração do que aos comandos verbais clássicos”. As vibrações são semelhantes às do celular e não causam dor ao cão.

O colete atual é apenas um protótipo, com mais testes e projetos a caminho, já que tem que ser adaptado para diferentes raças e tamanhos de cães.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *