Dezoito ônibus incendiados na Rodoviária de Tzfat

Dezoito ônibus  foram completamente queimados e destruídos pelo fogo, na estação rodoviária central da cidade de Tzfat, no norte de Israel, na manhã de sábado.

Os bombeiros chegaram ao local e trabalharam para extinguir as chamas e proteger outros ônibus estacionados no complexo.

Moradores da cidade relataram que fortes explosões foram ouvidas enquanto outros acordaram com medo de que fosse um ataque de míssil, de acordo com o site Walla.

A polícia de Israel confirmou que o fogo foi causado por incêndio criminoso e abriu uma investigação sobre o assunto.

Dezesseis dos 18 ônibus pertencem ao Grupo Afifi de Nazaré e à Netiv Express, que também faz parte do Grupo Afifi.

Uma gangue da cidade árabe de Tuba-Zangariyye que opera na área, coletando “dinheiro de proteção” sob o disfarce de empresas de segurança, é uma das suspeitas de terem incendiado os ônibus e está sob investigação.

LEIA TAMBÉM

Há duas semanas, sete ônibus e um microônibus foram incendiados na cidade de Kiryat Shmona, no norte do país. Os veículos pertenciam à empresa Metaylei Kiryat Shmona, a maior empresa de ônibus da alta Galileia. Esse incidente também está sendo investigado como um possível incêndio criminoso.

Vários outros veículos foram danificados no ataque na estação central de ônibus. Não houve feridos.

Fontes: Israel National News, Al Mayadeen e The Jerusalem Post
Foto: Porta-voz do Corpo de Bombeiros e Resgate do Distrito Norte