Educação gratuita para crianças de 0 a 3 anos

A ministra da Inovação, Ciência e Tecnologia, Orit Farkash-Hacohen (Partido Azul e Branco) está empenhada em um plano de educação gratuita para bebês e crianças, desde o nascimento até os três anos, informou o jornal Israel Hayom.

O plano foi apresentado recentemente ao Ministério da Fazenda e, de acordo com o Azul e Branco, foi feito um extenso trabalho econômico e se tornou parte das demandas da coalizão do partido.

Farkash-Hacohen está pressionando para que o projeto seja aprovado como um plano de longo prazo antes das discussões sobre o orçamento de 2023-2024. Em uma entrevista ao Israel Hayom ela disse: “Uma das coisas que estou promovendo é uma decisão histórica: educação gratuita para crianças de 0 a 3 anos. Este é um investimento na próxima geração, e também tornará as coisas mais fáceis para os jovens casais que estão trabalhando”.

“Precisamos dar ênfase aos casais que estão trabalhando e também cuidar das jovens mães, muitas das quais estão desempregadas. Os casais consideram o que vale mais a pena para eles: sair para trabalhar ou pagar a creche dos filhos. Isso economizará vários milhares de shekalim por mês e realmente ajudará os jovens casais”.

Em Israel, apenas 16% dos gastos com educação infantil são fornecidos pelo governo, deixando os pais para pagar os outros 84%. Nos países da OCDE, entretanto, os pais pagam em média 70%.

Estima-se que, após a implementação deste programa, mesmo que apenas para idades de 2 a 3 anos, cerca de 5.000 mães procurem imediatamente voltar ao mercado de trabalho.

LEIA TAMBÉM

A ideia de financiar totalmente creches para bebês não é nova. Ela foi sugerida pela primeira vez há alguns anos e, em 2020, o partido Azul e Branco a adotou como parte de sua plataforma.

A creche para idades de três meses a três anos é fortemente subsidiada, e os descontos governamentais são fornecidos com base na renda por pessoa e no número de horas que a mãe trabalha. No caso de pais do mesmo sexo, os parceiros podem escolher qual dos pais consta como mãe, facilitando o recebimento do desconto.

Ainda não está claro se a educação gratuita para crianças de 0 a 3 anos se tornará obrigatória, da mesma forma que a pré-escola para crianças de três e quatro anos se tornou obrigatória seis anos após a implementação da lei “Educação Gratuita a partir dos Três Anos”.

Essa lei foi aprovada com uma cláusula de que a “educação” para crianças de três e quatro anos se tornaria obrigatória dentro de seis anos. Mas esta cláusula não foi divulgada e a lei foi apresentada como uma medida que economizaria aos pais milhares de shekalim anualmente.

A lei não foi aplicada imediatamente após um período de seis anos, no entanto, e somente nos últimos anos as prefeituras começaram a interferir quando os pais optavam por não enviar seus filhos para a pré-escola ou por enviá-los para uma instituição privada em vez de pública.

Fonte: Israel National News
Foto: Canva