Fim da lista de países vermelhos

O Ministério da Saúde recomendou que o governo retire todos os países da lista de países vermelhos, tendo em vista a taxa de morbidade na entrada em Israel em comparação com a taxa de morbidade na comunidade.

A decisão entra em vigor hoje à meia-noite (07/01/2022), na noite de quinta para sexta-feira, sujeita à aprovação regulamentar do Governo e da Comissão de Constituição da Knesset.

A recomendação do Ministério da Saúde foi tomada devido à política previamente definida pelo governo, segundo a qual o mecanismo dos estados vermelhos ficará suspenso caso o número de infectados que entram do exterior caia abaixo de 5% da morbidade total no país.

Os países atualmente classificados como vermelhos serão movidos para a lista de países laranja. São eles: Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, Etiópia, Reino Unido, Tanzânia, México, Suíça e Turquia.

Apesar da mudança na definição dos países, deve-se notar que em muitos países ao redor do mundo a situação de morbidade é maior do que em Israel, e portanto é aconselhável evitar ir a esses locais desnecessariamente tanto quanto possível.

LEIA TAMBÉM

Que retornar de um país laranja, já vacinado ou recuperado, poderá sair do isolamento após receber um resultado de teste negativo no Aeroporto Ben Gurion ou após 24 horas (o que ocorrer primeiro)

Quem não estiver vacinado ou recuperado só poderá sair do isolamento após receber o resultado de dois exames negativos, um no desembarque e outro após uma semana de isolamento. O teste para completar o isolamento no sétimo dia dependerá da situação da pessoa: população em risco tem que fazer teste PCR e o resto da população um teste de antígeno.

Fonte: Ministério da Saúde
Foto: Canva

2 thoughts on “Fim da lista de países vermelhos

  • 6 de janeiro de 2022 em 20:15
    Permalink

    Eu recebo a revista Bras.il. acho ótima. Como tenho família em Israel, acho importante saber o que está acontecendo no país. Acredito que meus familuares também têm interesse em saber o que acontece no Brasil. Apesar de que os cuidados têm que ser grandes em relação às notícias falsas.

  • Pingback: Sistema de semáforo na educação é cancelado - Revista Bras.il

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: