IsraelNotícias

Fim da longa espera pelo passaporte está próximo?

Na discussão de hoje no Comitê de Proteção Ambiental e Interior sobre as longas filas para receber o passaporte, o presidente, Yaakov Asher, disse esperar que a Autoridade de População e Imigração apresente ao Comitê, dentro de duas semanas, um plano para reduzir os longos tempos de espera para a emissão de passaportes.

“Arranjem soluções malucas e práticas e, se necessário, recrutaremos também o ministro das Finanças. Não é possível que as pessoas esperem mais de seis meses para emitir um passaporte”.

Moshe Arbel, Vice-Ministro do Interior e Vice-Ministro da Saúde, disse que nos próximos dias o Ministro do Interior vai indicar planejadores que vão tratar da racionalização do atendimento ao cliente, cuja situação viola os direitos fundamentais dos cidadãos. Ter que pagar um alto valor viola o propósito da lei biométrica porque a distribuição de passaportes temporários fere os interesses nacionais e de segurança do país.

O Ministro do Interior enviou uma carta ao Diretor-Geral do Ministério do Interior para que faça uma ampla revisão da conduta da Autoridade de População e Imigração e examine as falhas relativas ao cumprimento das funções mais básicas da autoridade em relação à emissão de carteiras de identidade e à renovação e emissão de passaportes para cidadãos israelenses”.

Yoel Lipovetsky, Diretor da Administração da População, explicou que o órgão funciona cinco dias por semana e alguns escritórios também funcionam às sextas-feiras.

Ele atribuiu a lentidão ao deslocamento de trabalhadores para lidar com os 70.000 imigrantes que chegaram em Israel este ano.

“No passado, os imigrantes geralmente vinham para Israel com um visto de imigrante no passaporte e não compareciam aos escritórios. O que aconteceu com essa imigração é que a maioria vem como turista, então seus processos são muito mais longos e exigem mais tempo e demandam mais recursos. Entre 50 e 60 funcionários cuidam dos imigrantes que chegam a Israel”.

LEIA TAMBÉM

Ele também disse que há um problema na contratação de funcionários: “Dos 100 funcionários que foram prometidos, apenas 46 entraram e estão passando por um processo de treinamento”.

Segundo o responsável, é necessário alterar a legislação para que nem todas as renovações de passaporte biométrico tenham de ser presenciais nas agências, bem como acrescentar pessoal para prestação de serviço e um orçamento adicional para mais unidades que emitam passaportes biométricos.

Ele também disse que uma quantidade significativa se acumulou porque as pessoas não renovaram seus passaportes durante o período Corona.

Moti Yarofa, diretor de produção da gráfica do governo, disse que a presta serviços para todos os ministérios, desde a produção de anexos de carteira de identidade, certificados casher, registros de vacinação até a impressão de certificados de matrícula e conta com apenas 70 funcionários que atendem a todas as necessidades do governo, incluindo a impressão de mapas classificados as FDI.

Os representantes da gráfica também explicaram que, no passado, receberam reforço e conseguiram reduzir a lacuna, mas em novembro os reforços foram interrompidos, e hoje em dia há um concurso para contratação de novos trabalhadores.

O ombudsman do Comitê de Proteção Ambiental e Interior, advogado Tomer Rosner, propôs direcionar os funcionários das autoridades locais para lidar com operações não biométricas, e assim os funcionários da Autoridade de População seriam liberados para lidar apenas com passaportes biométricos, de acordo com o lei.

Disse ainda que no passado foi tomada uma decisão governamental pelo ex-Ministro do Interior segundo a qual as taxas seriam devolvidas a quem tivesse de emitir um passaporte temporário porque a autoridade não cumpria o prazo de seis semanas para lhes emitir um passaporte permanente.

O presidente da comissão pediu para verificar o valor da taxa, que diz ser “absurdo”. Anunciou ainda que vai agendar uma nova reunião dentro de duas semanas onde a Autoridade de População e Imigração apresentará um plano para abreviar os tempos de espera para a emissão de passaportes.

Fonte: Bizzness
Foto: Canva

One thought on “Fim da longa espera pelo passaporte está próximo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo