Governo decide, hoje, sobre extensão do lockdown

O gabinete do coronavírus se reunirá na terça-feira para decidir se estende o atual bloqueio, que deveria terminar no final desta semana.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu apoia a prorrogação do fechamento em pelo menos dez dias e tentará mobilizar uma maioria entre os ministros para estender as restrições.

A principal dúvida, no momento, diz respeito às prioridades de abertura no plano de deixar a quarentena. O Ministério da Fazenda exige que o comércio seja aberto imediatamente após o fechamento, a fim de reduzir os prejuízos econômicos causados pelas diretrizes, mas os membros do Partido Azul e Branco apoiam a abertura do sistema de ensino.

Netanyahu teve uma conversa com o neto do Rabino Chaim Kanievsky, o líder da corrente lituana na comunidade ultraortodoxa, e pediu-lhe que transmitisse uma mensagem ao rabino de que as instituições educacionais deverão ficar fechadas, tendo em vista o alto índice de morbidade na sociedade ultraortodoxa.

LEIA TAMBÉM

Em Bnei Brak, uma instituição para meninas afiliada ao Talmud Torah Hachmat Shlomo de Jerusalém e outras instituições educacionais ligadas à comunidade ultraortodoxa, funciona normalmente. As forças policiais que fiscalizam os locais relataram que muitas vezes enfrentaram violência por parte de alguns estudantes.

O Gen. Brig Roni Noma, que coordena a luta contra o corona no setor ultraortodoxo, disse que cerca de 30% das novas infecções em Israel vêm do setor ultraortodoxo.

De acordo com Numa, a porcentagem de testes de coronavírus que retornam positivos no setor ultraortodoxo atingiu a preocupante taxa de 22,1% de todos os testes, em comparação com 9,2% na população em geral.

Além disso, a resposta do setor à campanha nacional de vacinação foi desanimadora em comparação com os números vistos na população em geral.

Atualização do Ministério da Saúde mostrou queda no coeficiente de infecção, mas os dados de morbidade continuaram elevados.

O Ministério relatou na noite de segunda-feira 7.784 novos casos de coronavírus em cerca de 72.000 testes realizados desde a meia-noite, o que significa que 10,4% dos testes deram positivo – superando significativamente os números médios dos dias anteriores.

Seja qual for a data acordada, o ministério está tentando garantir que o fechamento não termine à meia-noite de uma quinta-feira, para evitar que as pessoas se reúnam em massa no primeiro fim de semana fora do bloqueio.

Foto: Miriam Alster (Flash90)

2 thoughts on “Governo decide, hoje, sobre extensão do lockdown

Fechado para comentários.