Governo decide sobre lockdown na segunda-feira

Durante o feriado de Sucot, mais de 7.000 novos pacientes foram diagnosticados positivos para o Covid-19 em Israel. O Ministério da Saúde anunciou que na sexta-feira foram realizados 62.062 exames e o índice positivo foi de 11%, uma redução em relação aos dias anteriores quando o índice estava em torno de 15%.

As dez cidades com mais pacientes ativos: Jerusalém (8.433), Bnei Brak (5.763), Ashdod (3.309), Modi’in Illit (2.462), Tel Aviv-Yafo (2.341), Petah Tikva (2.015), Netanya (1.904), Beer Sheva (1.582), Beit Shemesh (1.571) e Rishon Lezion (1.509).

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu alertou na quinta-feira que, se o bloqueio nacional para conter o surto de coronavírus não reduzir as taxas de infecção, o governo tomará medidas ainda mais restritivas.

“Na segunda-feira, tomaremos uma decisão sobre a continuação do bloqueio – aperto ou liberação”, disse Netanyahu em um post de vídeo no Facebook Live durante o qual respondeu a perguntas do público.

LEIA TAMBÉM

Durante a transmissão, Netanyahu também disse que espera que o governo volte a oferecer ajuda em dinheiro ao público, como fez no início do ano, para ajudar os cidadãos a enfrentar a crise econômica causada pela pandemia.

A preocupação do governo atualmente é de que o bloqueio está se mostrando ineficaz, visto que grande parte do público reluta em aderir às restrições.

“O bloqueio não existe realmente”, disse um porta-voz do governo ao Canal 12. “As pessoas estão deixando suas casas, inventando desculpas e não estão particularmente preocupadas com a possibilidade de serem apanhadas. Tornou-se uma piada. Não pode continuar assim. Durante o primeiro bloqueio, as pessoas ficaram histéricas – com medo do coronavírus. Agora não funciona. É ineficaz.”

Um indicador da aparente mudança de atitude é o volume de tráfego nas estradas. Citando dados gerados pela Apple, que rastreou os movimentos do iPhone no país, o Canal 12 informou que houve uma queda de 40% no tráfego, em comparação com uma queda de 80% durante o primeiro bloqueio. Na área central do país, desde o início do atual fechamento, houve uma diminuição de apenas 10% no tráfego, em comparação com 70% no fechamento anterior.

One thought on “Governo decide sobre lockdown na segunda-feira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *