Graduação da 1ª turma de estudantes beduínos

Na semana passada, aconteceu a formatura da primeira turma de estudantes beduínos do internato de Neve Midbar-Nitzana, uma aldeia de jovens estabelecida há quatro anos no deserto de Negev, perto do Egito, pela Agência Judaica, a Administração para o Meio Rural, Educação e Imigração Juvenil do Ministério da Educação, o Conselho Regional de Neve Midbar e a Rede Educacional Atid com o objetivo de instruir os cidadãos árabes.

Vinte e dois alunos participaram de programas que não puderam encontrar em suas cidades de origem, como cursos de robótica e outras áreas de tecnologia, viagens de campo, oportunidades de voluntariado, acampamentos de verão no exterior, projetos de enriquecimento, desenvolvimento de liderança e estágios.

As aulas destes cursos são dadas principalmente em árabe, mas o domímio do hebraico faz parte dos requisitos principais para entrada na sociedade israelense em geral.

“A próxima geração da comunidade beduína merece um ambiente inclusivo e solidário, que impulsione seus indivíduos”, disse o presidente da Agência Judaica, Isaac Herzog.

“Nós fizemos história: esta vila de jovens é um exemplo dos investimentos do Ministério da Educação para fornecer uma solução para todos os setores, com o objetivo de treinar a próxima geração para conseguir uma mudança para o bem de toda a sociedade israelense”, observou Ilana Nolman, diretora geral da Administração de Educação Rural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *