Isaac Herzog toma posse como 11º presidente de Israel

Isaac Herzog foi empossado, nesta quarta-feira, como o novo presidente de Israel em uma cerimônia festiva na Knesset.

Herzog fez seu juramento de posse sob os gritos de “vida longa [ao presidente]”. Ele começou seu mandato de sete anos com a promessa de servir como um “presidente para todos” e sanar profundas divisões na sociedade israelense.

Com a mão esquerda sobre a Torá, ele jurou aos deputados da Knesset (Parlamento) “cumprir fielmente seu cargo de presidente”. “Hoje me apresento a vocês honrado e emocionado”, disse Herzog. “Minha missão é, principalmente, fazer todo o possível para recuperar a esperança”.

Ele disse que pretende ser “o presidente de todos” e trabalhar para preservar a democracia de Israel. E acrescentou que a “expectativa central” de todos os israelenses é “acalmar as coisas”.

Herzog assume o cargo após um período tumultuado em que Israel passou por quatro eleições em apenas dois anos.

LEIA TAMBÉM

Herzog foi eleito pelos deputados, no início de junho, em meio à crise política, quando os opositores de Benjamin Netanyahu, o primeiro-ministro que mais tempo governou na história de Israel, realizavam negociações para tirá-lo do poder. Por fim, formaram um governo heterogêneo com o líder da direita Naftali Bennett à frente.

Em Israel, como em outros lugares, o poder Executivo é exercido pelo primeiro-ministro, enquanto o cargo de presidente é apolítico e em grande parte honorário. No entanto, possui a prerrogativa de conceder indultos. Leia a matéria sobre a Presidência de Israel na edição nº 22 da Revista Bras.il.

O pai de Isaac Herzog, Chaim foi presidente de Israel, na década de 1980 e também serviu como embaixador de Israel nas Nações Unidas.

Yitzhak HaLevi Herzog, o avô do novo presidente, foi o primeiro rabino-chefe do país. Seu tio, Abba Eban, serviu como ministro das Relações Exteriores e embaixador na ONU e nos Estados Unidos.

Herzog foi chefe do Partido Trabalhista e líder da oposição no Parlamento. Depois de deixar a política, em 2018, ele atuou como diretor da Agência Judaica, uma organização sem fins lucrativos que trabalha em estreita colaboração com o governo israelense para promover a imigração judaica para Israel e para servir às comunidades judaicas no exterior.

Ele fez o juramento sobre uma Bíblia de 107 anos que tem uma longa história em sua família, a mesma que seu pai, Chaim Herzog, usou quando tomou posse como presidente em 1983. A Bíblia sobreviveu às duas guerras mundiais e foi um presente de seu bisavó para sua avó na véspera de seu casamento.

A cerimônia também incluiu o toque de shofar.

Fontes: The Times of Israel e Estado de Minas
Foto: Yitzhak Harari (Wikipedia Commons). Isaac Herzog fala na Knesset em memória do Rabino Herzog (2015)