Israel abre seu primeiro parque nacional subaquático

Israel abriu seu primeiro parque nacional subaquático na antiga cidade portuária de Cesareia, onde os mergulhadores podem visitar os restos de 2.000 anos do que antes era um grande complexo que se estendia para o mar.

Cesareia já é uma das principais atrações turísticas de Israel, em cuja costa os arqueólogos, ao longo de décadas, descobriram os restos de enormes projetos de construção construídos pelo rei Herodes, no primeiro século AEC.

No entanto, muito do trabalho de Herodes agora está sob o mar. Com a inclusão de áreas marinhas no parque nacional existente, as autoridades esperam atrair mergulhadores para a área, onde serão incentivados a ajudar a reconstituir o passado do porto.

Embora os mergulhadores locais tenham ajudado no trabalho arqueológico por anos, os administradores estão ansiosos para atrair visitantes de outros lugares. “Queremos desenvolver o turismo de mergulho e o turismo no país”, disse Kobi Sharvit, diretor da unidade de arqueologia marinha da Autoridade de Antiguidades de Israel, ao Canal 13. “Esperamos que os mergulhadores que virem algo nos relatem”, disse ele. “Uma pequena descoberta por mergulhadores pode levar a uma descoberta muito grande e impressionante e mudar todo o nosso entendimento do lugar. Isso aconteceu mais de uma vez conosco nos últimos anos”, disse Sharvit.

LEIA TAMBÉM

Uma grande descoberta de moedas de ouro em 2015 e um barco comercial que ainda tinha carga no porão foram dois exemplos que ele deu. “Itens encontrados por mergulhadores são examinados, catalogados e as peças mais interessantes exibidas em museus”, disse Sharvit.

A área do porto subaquático se estende por cerca de 50 acres, embora o parque nacional cubra uma área ainda maior. Além dos vestígios arqueológicos, muitos dos quais cobertos por lodo e algas, existe também uma rica vida marinha.

Fonte: The Times of Israel
Foto: Domínio Público – Caesarea Maritima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *