Israel deve se preparar para onda de calor extremo

Israel deve se preparar para lidar com ondas de calor extremas, como as que atualmente assolam a Europa, disseram especialistas ao jornal Israel Hayom, na segunda-feira.

No sudoeste da Europa, incluindo França, Grécia, Portugal, Espanha e Grã-Bretanha, as temperaturas ultrapassaram os 42°C em algumas regiões. A France24 citou um meteorologista alertando sobre um “apocalipse de calor” no país, enquanto o Serviço Meteorológico do Reino Unido emitiu seu primeiro “Aviso Vermelho”, dizendo que o calor extremo representava um “risco à vida”.

Os incêndios florestais assolaram a França, Portugal e Espanha, consumindo milhares de hectares de terra. Milhares de pessoas foram forçadas a fugir das áreas de risco.

Avi Bar Massada, ecologista espacial e paisagístico da Universidade de Haifa, disse ao Israel Hayom que a situação no sul da Europa só pode piorar.

“Isso não se deve necessariamente às altas temperaturas, mas sim às secas extremas. Em eventos como este, quando tudo está seco, as árvores secam e uma pequena faísca é suficiente para iniciar um incêndio. Se você adicionar a isso as condições de vento, terá grandes incêndios florestais como os que estamos vendo na França agora”.

Ele alertou que Israel também pode ver um cenário semelhante devido ao alto calor e à seca. “Temos que estar preparados”, disse.

LEIA TAMBÉM

O professor Haim Kutiel, do Departamento de Geografia e Estudos Ambientais da Universidade de Haifa, disse que o que diferencia esta onda de calor europeia das anteriores é a sua duração.

“Este é um evento de uma semana ou 10 dias. Isso aumenta muito a secura e o calor causador de incêndios na bacia do Mediterrâneo em países como Portugal, Grécia, Itália e França”.

Ele disse que a atual onda de calor também é única no continente, pois atingiu o centro da Grã-Bretanha, onde a última onda de calor extrema foi registrada em 2003. Mais de 20.000 pessoas morreram em todo o continente durante a onda de calor recorde.

“Acho que esses tipos de eventos serão mais frequentes e extremos. Veremos mais ondas de calor e mais incêndios na bacia do Mediterrâneo e em outras áreas do continente. Isso faz parte da mudança climática global”, disse ele.

Fonte: Israel Hayom
Foto: Canva

One thought on “Israel deve se preparar para onda de calor extremo

Fechado para comentários.