Leilão da carta de Einstein sobre de Hitler e judeus da América

Uma carta de uma página escrita por Albert Einstein antes da eclosão da Segunda Guerra Mundial foi leiloada pela RR Auction, com sede em Boston.

A carta, escrita em 1934, fala sobre Hitler e os refugiados judeus na América.

Einstein menciona seu colega cientista alemão Max Planck e a audiência que ele supostamente teve com Hitler na tentativa de dissuadi-lo de demitir todos os cientistas judeus alemães de seus cargos.

Einstein já havia fugido da Alemanha no ano anterior e parecia criticar os judeus americanos pelos quais se viu cercado em seu novo país, dizendo que eles “sabotam as coisas por medo; dão dinheiro e afastam as pessoas ”.

O final da carta de Einstein enfoca especificamente Hitler e os problemas que se avizinham para os judeus da Europa.

LEIA TAMBÉM

Ele explica que o motivo de não ter criticado abertamente Hitler é porque “como residente na Alemanha e funcionário do governo por muitos anos, bem como um judeu e alguém despojado de suas propriedades pelos nazistas, não posso ser um juiz objetivo nos olhos da população em geral”.

“Nessa luta, os judeus devem aparecer publicamente o mínimo possível, porque, do contrário, a oposição à Alemanha de Hitler será selada como uma questão judaica e, portanto, enfraquecida”, concluiu.

Embora Einstein tenha se tornado um crítico das ações de Hitler na Europa e ajudado outros judeus alemães a solicitar vistos para escapar do regime nazista, esta carta oferece aos interessados ​​uma visão de como ele percebeu seus próprios preconceitos e sua hesitação em se tornar a “cara” do anti-Hitlerismo antes da eclosão do Holocausto.

A carta está estimada em mais de US$ 20.000 e esteve em leilão até 20 de maio.

Fonte: Israel Notícias
Foto: Montagem (Sarthak sidhart sharma, Wikimedia Commons e PxHere)

One thought on “Leilão da carta de Einstein sobre de Hitler e judeus da América

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *