Medalha de ouro para Israel e Brasil na Ginástica

Nas duas primeiras provas do dia, ginastas de Israel e Brasil subiram no degrau mais alto do pódio e fizeram história.

A maior esperança de medalha de ouro para Israel, o ginasta Artem Dolgopyat, confirmou seu favoritismo e tornou-se campeão olímpico no solo.

Dolgopyat, 24 anos, duas vezes medalhista de prata no campeonato mundial, competiu esta manhã.

Depois de ficar em primeiro lugar na etapa classificatória com 15,2 pontos, o ginasta repetiu a excelente apresentação e conquistou 14,933 pontos, mesma pontuação do espanhol Rayderley Zapat, levando o ouro pelos critérios de desempate.

Foi apenas a segunda medalha de ouro na história do país, depois da vitória do windsurfista Gal Friedman em Atenas em 2004.

LEIA TAMBÉM

Depois de fazer história e conquistar a primeira medalha olímpica feminina na ginástica artística com a prata no individual geral, Rebeca Andrade voltou a competir em busca da segunda conquista nas Olimpíadas de Tóquio.

A ginasta disputou e venceu, com 15,083 pontos, a final do salto em nova competição. Foi, desta vez, a primeira medalha de ouro olímpica da ginástica feminina brasileira.

Fontes: The Times of Israel e Globo Esporte

One thought on “Medalha de ouro para Israel e Brasil na Ginástica

Fechado para comentários.