Moovit lança serviço para trabalhadores essenciais

O coronavírus causou muitos impactos em toda a sociedade. O isolamento social e o confinamento dentro de nossas casas fizeram com que as empresas diminuíssem ou mesmo cancelassem viagens em transportes públicos, o que está prejudicando o grupo de trabalhadores essenciais que tem que ir para seus locais de trabalho em Israel e em todo o mundo.

O Moovit, um aplicativo gratuito de mobilidade urbana com foco em informações de transporte, criado em Israel, decidiu lançar um serviço por demanda de emergência para levar trabalhadores essenciais para o trabalho com segurança.

A solução permite que agências de trânsito, operadores e grandes empresas transformem suas frotas de veículos existentes e não utilizadas em uma forma alternativa de transporte em um serviço sob demanda para levar trabalhadores essenciais ao seu destino.

Usando o aplicativo Moovit ou uma agência de transporte público, os passageiros podem solicitar uma viagem sob demanda ou pré-agendada, além de selecionar um local de embarque e/ou desembarque. Os algoritmos da empresa permitem que vários passageiros compartilhem a viagem, mantendo-se alinhados com os regulamentos de saúde, como o número permitido de passageiros por veículo.

“Como uma plataforma na qual milhões de pessoas em todo o mundo confiam para obter informações e orientações sobre transporte público e micromobilidade, o Moovit está monitorando de perto o impacto do coronavírus em nossos usuários e parceiros, agências e empresas privadas”, afirmou Yovav Meydad, do Moovit. “Estamos convertendo os recursos existentes em um modo alternativo de transporte, fazendo com que os trabalhadores essenciais se dirijam ao seu destino de uma maneira que os mantenha seguros assim como o motorista”.