Medicamento israelense anti-Covid tem bons resultados

Na luta contra a Covid-19, novos medicamentos antivirais que podem ser administrados por via oral, como o Paxlovid da Pfizer ou o Molnupiravir da Merck, têm o potencial de transformar uma pandemia mortal em uma doença controlável.

A Todos Medical, uma startup israelense de diagnóstico médico, acabou de concluir um estudo clínico de Fase 2 randomizado do Tollovir, que mostrou eficácia positiva entre 31 pacientes hospitalizados com Covid-19.

Os resultados mostraram melhora clínica 2,7 dias mais rápido do que o grupo placebo. O medicamento foi testado nas variantes Alpha, Beta e Delta do Covid, mas não na Omicron.

Não houve mortes relacionadas à Covid no grupo Tollovir, contra 22% de mortes relacionadas à Covid no grupo placebo. Um paciente com Tollovir necessitou de ventilação mecânica.

Pelo menos um centro médico israelense, Shaare Zedek em Jerusalém, está agora permitindo o Tollovir com base no “uso compassivo”.

O próximo passo será um ensaio clínico de Fase 2/3 para apoiar autorizações de uso emergencial nos Estados Unidos e na Europa.

“Já começamos a nos preparar para fabricar quantidades comerciais de Tollovir para que possamos entregar remessas em locais onde esperamos receber autorização de uso emergencial acelerado”, disse Gerald Commissiong, CEO da Todos. O tollovir é um inibidor da protease 3CL com forte atividade anticitocina.

LEIA TAMBÉM

Descobertos pela química do Technion, Dorit Arad, em 2004, os inibidores de protease 3CL são enzimas que desempenham um papel essencial na replicação de vírus como o SARS-CoV-2.

A Todos foi fundada em Rehovot e tem um escritório em Nova York. A empresa, fundada por Arad em 2006, entrou em uma joint venture com a NLC Pharma para desenvolver inibidores de protease 3CL e testes de diagnóstico que visam a enzima específica.

Segundo Arad, “o Tollovir pode ser uma ferramenta incrivelmente poderosa para reduzir a morte e estabilizar os pacientes mais rapidamente, reduzindo assim o tempo de recuperação desta doença debilitante”.

“O Tollovir ajudará a achatar a curva, liberando a capacidade do hospital para atender mais pacientes e realizar outros tratamentos hospitalares não relacionados ao COVID mais rotineiros”, acrescentou.

Fonte: World Israel News
Foto: Canva

One thought on “Medicamento israelense anti-Covid tem bons resultados

Fechado para comentários.