Michaeli inaugura nova rota de ônibus no Shabat

A ministra dos Transportes, Merav Michaeli, enfrentou a reação de legisladores de direita, na quinta-feira, sobre sua intenção de realizar uma entrevista coletiva na inauguração de uma nova linha de ônibus de trânsito rápido (metronit) em Haifa, durante o Shabat.

Michaeli disse aos meios de comunicação que chegaria ao Hospital Rambam em Haifa às 11h de sábado para inaugurar oficialmente a nova linha do Metronit, que começa a funcionar na sexta-feira. Michaeli sairá de ônibus às 11h15 e seguirá para o shopping BIG.

A nova rota vai do Hospital Rambam para o entroncamento Yagur, conectando Haifa à cidade vizinha de Nesher. Algumas linhas do Metronit funcionam no Shabat, uma raridade para o transporte público em Israel.

Em resposta à decisão de Michaeli, o ex-vice-ministro de serviços religiosos Matan Kahana twittou: “Eu me pergunto se Merav Michaeli é um futuro parceiro na regulação das relações religiosas e estatais por meio de amplos acordos, ou se sua única preocupação é perturbar aqueles que não pensam como ela?”

O deputado do Likud, Shlomo Karhi, disse que Michaeli estava reivindicando um “lugar de primeira linha entre os maiores opressores de Israel desde tempos imemoriais” e chegou a afirmar que sua “alma é negra” por violar o sábado.

Respondendo aos comentários duros de Karhi, Michaeli falou do silêncio do legislador em uma outra situação. “Quando o líder de seu partido dirige todo Shabat com um carro financiado pelo estado, Karhi fica em silêncio. Mas quando eu inauguro um novo Metronit que tira os cidadãos israelenses do cerco em que vivem no Shabat, ele enlouquece”.

LEIA TAMBÉM

Gilad Kariv, do Avodá, também veio em defesa de Michaeli, rotulando as observações de Karhi como “caluniosas”. Kariv se perguntou se o próximo estágio incluiria um ritual “Pulsa Dinura”, uma maldição mística de morte que os judeus ortodoxos extremistas usaram no passado contra políticos que eles consideravam inimigos.

Michaeli recentemente foi criticada por seu esforço para promover o transporte público no Shabat. Na semana passada, ela anunciou planos para operar o sistema ferroviário leve que será inaugurado em breve na área de Tel Aviv e seus arredores no Shabat, a partir do próximo ano.

Em Israel, ônibus e trens geralmente não circulam nas cidades de maioria judaica entre sexta-feira à noite e sábado à noite.

A prática nasceu de um acordo alcançado entre a comunidade ultraortodoxa e o primeiro primeiro-ministro de Israel, David Ben Gurion, antes da formação do Estado.

Haifa, no entanto, tem uma população mista de judeus e árabes e o transporte público funciona na cidade desde antes do estabelecimento do estado.

Em 2019, a prefeitura de Tel Aviv lançou uma iniciativa que fornece transporte público durante o Shabat, oferecendo serviços de ônibus aos moradores da cidade e arredores em várias linhas.

Uma pesquisa do grupo de defesa Hiddush sobre o funcionamento dos transportes no Shabat em Tel Aviv descobriu que, entre os israelenses judeus, 71% eram a favor do transporte nos finais de semana, incluindo 94% dos israelenses seculares.

Outros grupos que apoiam a medida são os judeus tradicionais que se dizem “não tão religiosos”, com 82%, e os judeus tradicionais que estão “próximos da religião”, com 59%.

Fonte: The Times of Israel
Foto: Wikimedia Commons

One thought on “Michaeli inaugura nova rota de ônibus no Shabat

  • 7 de outubro de 2022 em 10:08
    Permalink

    Primeiramente ela nao tem o direito de fazer nenhuma mudanca no status quo estabelecido desde a criacao do Estado, Ela e ministra provisoria por mais um ou dois meses apenas de um governo ilegal que roubou o desejo da maioria da populacao na ultima eleicao com uma minoria de 30 % dos votos e que foi derrubado apenas com um ano de posse! Segundo ao inves de se preocupar com os engarrafamentos monumentais que diariamente se formam nas estradas a unica preocupacao dela e forcar uma medida contaria a tradicao e respeito dos judeus!! Vai queimar no inferno em breve!! Nao se desafia o poder do Senhor do Universo gratuitamente!

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: