Morre o sargento de 21 anos ferido em Gaza

O sargento Barel Hadarya Shmueli, o policial de fronteira que foi gravemente ferido pela violência islâmica na fronteira de Gaza há mais de uma semana, morreu em consequência dos ferimentos, conforme anunciado na tarde desta segunda-feira pela Polícia de Fronteira.

Shmueli foi baleado à queima-roupa na noite de sábado, 21 de agosto, durante tumultos instigados pelo Hamas na cerca da fronteira de Gaza.

Barel se alistou na Polícia de Fronteira e passou por treinamento como soldado em março de 2019. Após seu treinamento, ele completou um curso para se juntar à unidade árabe secreta da Polícia de Fronteira, após o que se tornou parte da unidade do Distrito Sul da Polícia de Fronteira (Yamas).

Durante seu serviço na unidade, Barel completou um curso de franco-atiradores e serviu como franco-atirador da Yamas. Ele participou de dezenas de operações para desmantelar atividades terroristas e combater crimes graves no sul de Israel.

LEIA TAMBÉM

Após o tiro na cabeça, Barel foi transportado de helicóptero para o Centro Médico Soroka em Be’er Sheva, onde entrou na unidade de trauma e foi submetido a uma cirurgia de emergência. Os médicos lutaram por mais de uma semana para salvar sua vida, mas sua condição se deteriorou ao longo da semana e ele não resistiu.

Ele deixa seus pais, duas irmãs e um irmão.

Fonte: Hamodia
Foto: Captura de tela

2 thoughts on “Morre o sargento de 21 anos ferido em Gaza

Fechado para comentários.