Novo aplicativo para aumentar a segurança das mulheres

O município de Tel Aviv-Yafo lançou o SafeUP, um novo aplicativo para smartphone que faz com que mulheres e meninas se sintam mais seguras em espaços públicos.

O SafeUP, que acaba de concluir um período de teste de três meses com sucesso, permitirá que qualquer residente de Tel Aviv se conecte instantaneamente a uma rede de comunidades locais de mulheres especialmente treinadas, em toda a cidade, caso encontre qualquer perigo real ou potencial e precise de apoio, orientação ou assistência física em espaço público.

A rede feminina, denominada “tutora”, é formada por dezenas de mulheres especialmente treinadas, disponíveis para atendimento por telefone, vídeo ou até mesmo com acompanhamento pessoal. O aplicativo é baseado em avançada tecnologia de mídia social que, segundo a prefeitura, permite garantir o anonimato e a privacidade das informações do usuário.

Atualmente, ele apresenta três soluções possíveis para mulheres que se sentem inseguras em um espaço público.

O primeiro, “andar e falar”, permite que as mulheres encontrem apoio por meio de uma conversa telefônica com um tutor quando se sentirem desconfortáveis ​​ou inseguras em público.

LEIA TAMBÉM

A segunda solução no aplicativo é chamada de “ajuda agora”. Ele é projetado para situações em que o usuário está em perigo real e imediato, conectando-o a três mulheres diferentes em um raio de 500 metros que podem avaliar a situação e decidir se vão ao local ou chamam a polícia.

A última opção do aplicativo é um recurso de “compartilhamento de localização”, que permite que o aplicativo compartilhe a localização ao vivo das usuárias com uma lista de mulheres previamente escolhida pelo usuário.

Espera-se que o aplicativo reduza significativamente os tempos de resposta e ajude as mulheres, mesmo nos casos em que a intervenção policial não é necessária.

O aplicativo foi desenvolvido no CityZone, um laboratório no centro de inovação Atidim Park de Tel Aviv, uma iniciativa conjunta do Município de Tel Aviv-Yafo e da Universidade de Tel Aviv.

Neta Schreiber, CEO e cofundadora da SafeUP, diz no site do aplicativo que ela se inspirou para fundar a empresa após um incidente que experimentou em uma festa em casa há cerca de nove anos.

Depois de perceber que uma de suas amigas estava desaparecida, Schreiber e suas amigas começaram a procurá-la, acabando por encontrá-la seminua e lutando contra vários homens, que imediatamente fugiram do local.

Schreiber, agora uma jovem mãe, pediu a mais mulheres que se tornassem parte da comunidade de mentores, “para permitir que eu, você, nossas filhas e todas as mulheres nos sintamos seguras em qualquer lugar”.

O SafeUp, atualmente, está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Fonte: Radio Jai

Foto: Captura de tela LinkedIn

One thought on “Novo aplicativo para aumentar a segurança das mulheres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *