Rede de lojas de conveniência a caminho de Israel

A rede de lojas de conveniência 7-Eleven está a caminho de Israel. O grupo de moda Fox e a Electra Consumer Products, que, entre outras coisas, é dona da cadeia de lojas de produtos elétricos Machsanei Chashmal, trarão a rede que tem sede nos Estados Unidos e mais de 70.000 lojas em dezessete países, para Israel. As lojas ficam abertas 24 horas por dia e geram receita de cerca de US$ 61 bilhões anualmente.

A Electra Consumer Products relatou que estava em negociações com a 7-Eleven em um memorando de entendimento a respeito de uma franquia para desenvolver e operar lojas de conveniência em Israel. O grupo Fox deve aderir ao contrato de franquia.

Se os planos se concretizarem, a Electra Consumer Products e a Fox formarão uma empresa conjunta, com mesma quantidade de ações, para administrar a rede em Israel. Esta será a primeira vez que uma das empresas entrará no varejo de alimentos, um setor desafiador e competitivo, com desafios especiais no mercado israelense, como a cashrut.

“Quando a 7-Eleven entra em um país, é para abrir pelo menos 100 lojas”, disseram fontes do setor. Se o acordo se concretizar, as primeiras lojas da rede serão abertas em meados de 2021 em Tel Aviv. Serão lojas de 50 a 300 metros quadrados, vendendo produtos clássicos de supermercado, bem como produtos frescos, alimentos preparados, bebidas quentes e produtos de marca própria da rede.

LEIA TAMBÉM

Ao contrário das lojas de conveniência que já operam em Israel, como Yellow, So Good e Menta, que ficam principalmente em postos de combustível, a 7-Eleven opera no centro das cidades, nas esquinas das principais vias, em estações ferroviárias, escritórios, como também em postos de combustível, e assim também competirá com os formatos urbanos das grandes redes de supermercados.

Uma das principais questões que se colocam em relação ao advento da empresa em Israel é se os proprietários da franquia permitirão a abertura aos sábados, quando as lojas de conveniência existentes fazem uma parte substancial de seus ganhos. A avaliação é que a rede funcionará nos finais de semana em bairros residenciais e centros das cidades, mas fechará lojas em locais onde não vale a pena abrir aos sábados, como bairros comerciais e estações de trem.

Fundada em 1927, em Dallas, Texas, seus primeiros pontos de venda eram chamados de “Totem Stores”. Em 1946, o nome da rede foi alterado para 7-Eleven para refletir o novo horário estendido da empresa de 7 às 23h, sete dias por semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *