Gaza não faz boicote aos produtos israelenses

De acordo com o Ministério da Economia de Gaza, 65% de todas as suas importações são feitas em Israel. Os produtos fabricados em Gaza são impopulares devido à falta de supervisão, controle de qualidade deficiente, datas de validade forjadas e padrões de segurança deficientes nas fábricas.

O último escândalo com os produtos produzidos em Gaza começou quando os inspetores de alimentos do governo entraram com uma ação contra a Badri & Hania Co., pela apreensão de quatro toneladas de café, especiarias e matérias-primas cuja validade tinham expirado, pouco antes de serem distribuídas às lojas locais.

Como acontece após cada nova crise na indústria de alimentos, os consumidores começaram as comparações inevitáveis ​​entre os alimentos produzidos em Gaza com produtos trazidos de Israel.

Fonte: JPost.com