Rivlin recebe medalha de honra

O Instituto Washington para a Política do Oriente Médio concedeu a Reuven Rivlin, Presidente de Israel, uma Medalha de Honra por “seu compromisso com a integridade, tolerância, unidade e esperança”.

O mesmo prêmio já foi concedido a outras figuras proeminentes da política regional, como Bill Clinton e o rei Abdullah da Jordânia. “Você é uma voz poderosa de tolerância, união e esperança”, expressaram eles durante a cerimônia de premiação.

Rivlin recebeu o prêmio em sua casa presidencial em uma cerimônia online com a presença de funcionários do Instituto de Washington e uma saudação especial do rei Abdullah da Jordânia.

A medalha é entregue periodicamente para homenagear “líderes excepcionais cujo serviço público e realizações profissionais representam os valores do Instituto, que defende a erudição e o conhecimento histórico como ferramentas essenciais para políticas prudentes que promovam a paz no Oriente Médio”.

LEIA TAMBÉM

Robert Satloff, diretor-geral do Instituto Washington, disse que foi uma honra para ele recompensar o presidente israelense por “seu compromisso com a integridade, tolerância, unidade e esperança”.

Por sua vez, Gadi Eizenkot, ex-chefe de gabinete das Forças de Defesa de Israel (IDF) e atual pesquisador do instituto, destacou a figura de Rivlin: “Você é um homem de ideias e um homem do povo. Um estudioso cuja origem o orienta na construção do caminho para o futuro. Um estadista cujas intenções e integridade estão fora de questão. Em tempos de raiva, controvérsia e intolerância, você é uma voz poderosa de tolerância, unidade e esperança”, disse ele.

O prêmio de Rivlin foi entregue em uma cerimônia online. Após a cerimônia de premiação, uma entrevista gravada com Rivlin foi ao ar. Lá, o presidente enfatizou que “Israel é um estado tão judeu quanto democrático” e que “nem mesmo os 120 parlamentares do Knesset poderiam modificar” essa condição intrínseca do estado.

O presidente israelense destacou a importância dos recentes acordos para normalizar as relações com os Emirados Árabes Unidos e Bahrein, e referiu a necessidade de criar laços de confiança com os palestinos. “Sem confiança não podemos chegar a qualquer tipo de entendimento, nem pôr fim à tragédia em que vivemos, nem estabelecer a verdadeira paz”, afirmou.

Além disso, ele destacou o “profundo apreço dos cidadãos israelenses ao presidente Donald Trump” e parabenizou Joe Biden por sua recente vitória eleitoral. “Não somos republicanos ou democratas, sabemos que o povo americano é amigo e que essas alianças transcendem os partidos”, disse ele.

2 thoughts on “Rivlin recebe medalha de honra

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: