Sol fornecerá um quinto da energia da BGU

Painéis solares foram instalados nos telhados de três prédios do campus principal Universidade Ben-Gurion (BGU), na primeira etapa da iniciativa.

Estima-se que o projeto custe NIS 2 milhões e reduza o uso de combustíveis mais poluentes. A universidade espera um retorno de seu investimento dentro de alguns anos por meio de menor despesa com energia.

Este anúncio vem após uma série de vitórias ambientais para a universidade. No mês passado, instalou uma pequena turbina eólica, chamada Tulip, para carregar laptops e telefones com energia eólica. O Dr. Daniel Farb, CEO da Flower Turbines, doou a turbina eólica de eixo vertical, que foi desenvolvida pela empresa.

Em abril passado, a universidade disse que não investiria mais em empresas que produzem petróleo e carvão e direcionaria esses investimentos para energias alternativas.

LEIA TAMBÉM

A Universidade Ben-Gurion tem a maior concentração de cientistas ambientais em Israel, e os alunos do Instituto Jacob Blaustein para Pesquisa do Deserto estudam questões ambientais há 50 anos.

Fonte: NoCamels
Foto (ilustrativa): Aiseinau, CC BY-SA 4.0 (Wikimedia Commons)