Soldados israelenses querem revelar informações das FDI

Mais de 100 ex-soldados da inteligência israelense assinaram uma petição solicitando que o exército revelasse informações confidenciais que provariam que as Forças de Defesa de Israel “são o exército mais ético do mundo”.

O Canal12 de Israel informou que os soldados, que serviram na Unidade 8200, afirmam que as informações “provariam que as FDI são o exército mais moral do mundo”. “Entendemos, somos os únicos que sabemos e podemos mostrar isso”, disse um dos signatários ao Canal 12.

“O público e os jornalistas não têm acesso a essas informações. Nós conhecemos a verdade e queremos apresentá-la ao mundo. Se não dissermos a verdade, estamos expostos a mentiras, e ninguém, exceto nós, tem a prova para refutá-las”.

A unidade 8200 é um ramo de inteligência das FDI e é responsável pela coleta de inteligência do sinal e a descriptografia do código. No último conflito com Gaza, a Unidade 8200 foi fundamental para reunir o “banco de alvos” que a Força Aérea Israelense (IAF) usou em seus ataques de precisão contra o Hamas e outros agentes terroristas.

Os ex-soldados enviaram a petição ao chefe da inteligência militar de Israel, Major General Tamir Heiman, e ao chefe da Unidade 8200, demandando que os militares divulgassem informações confidenciais que mostrassem ao mundo como a unidade reúne seus alvos.

A unidade construiu meticulosamente um banco de alvos nos últimos sete anos, usando os sistemas mais sofisticados do mundo, ao mesmo tempo em que toma muito cuidado para evitar a morte de civis. E, no entanto, o oposto foi relatado.

LEIA TAMBÉM

Este último confronto entre Israel e Hamas foi saudado como “a primeira guerra de IA do mundo”, com Israel usando algoritmos avançados, aprendizado de máquina, satélites e outros métodos para reunir as coordenadas precisas que permitiram ao exército atacar em cinco dias o que levou 50 dias em 2014.

Entre os exemplos estão a detecção de 14 lançadores de foguetes localizados próximo a uma escola, os assassinatos direcionados de mais de 150 integrantes do Hamas e da Jihad Islâmica e outro ataque que tirou um importante agente do Hamas sem vítimas civis “apesar de estar em um túnel sob um prédio alto cercado por seis escolas e uma clínica médica”.

“A IA foi um multiplicador que nos deu uma vantagem significativa sobre o inimigo”, disse um oficial. Muitos ex-soldados da Unidade 8200, desde então, fundaram empresas de TI ou estabeleceram carreiras em alta tecnologia.

Fonte: All Israel News
Foto: IDF spoke person Unit

3 thoughts on “Soldados israelenses querem revelar informações das FDI

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: