Soldados tomam forma da vacina no Dia da Independência

Conhecida como a maior e mais assistida cerimônia em Israel, o acendimento da tocha do ano passado foi cancelada após semanas de ensaios devido à pandemia do coronavírus.

Em 2021, as bandeiras retornam para a cerimônia de acendimento da tocha, com os porta-bandeiras tomando a forma de uma seringa de vacina contra o coronavírus, como símbolo do ano que passou.

“Parece que renasci”, disse o coronel Benzi Asher, comandante da Unidade de Cerimônias das FDI, que acompanhou todas as cerimônias do Estado, em particular o Dia da Independência, nos últimos 20 anos.

Embora a pandemia não tenha cancelado completamente o programa neste ano, ainda assim deixou sua marca, com cuidados especiais na preparação da cerimônia de acordo com as orientações do Ministério da Saúde, no pequeno público que pode comparecer e na exigência de que todos os participantes da cerimônia estejam vacinados ou em recuperação.

LEIA TAMBÉM

“Obviamente, fazer apresentação para 500 pessoas é um algo completamente diferente do que para 5.000”, disse Asher, “mas o tema do ‘Ano Corona’ também está refletido aqui. Não quero dar muitas pistas, mas os espectadores acharão fácil identificar o tema … Um lugar para a imaginação”, acrescentou.

Somado a isso, como todos os anos, a equipe de voos acrobáticos aparecerá no Dia da Independência, percorrendo um grande número de regiões do país.

“É um grande orgulho para nós atuar no voo do Dia da Independência deste ano”, disse o Major A., ​​um piloto qualificado para a equipe acrobática. “Planejamos passar pela maioria das localidades e novamente impressionar os cidadãos fique nos assistirão”.

Fonte: The Jerusalem Post

Foto: IDF

2 thoughts on “Soldados tomam forma da vacina no Dia da Independência

Fechado para comentários.