Startup de brasileira recebe 2,5 milhões de euros

A Startup Nanosynex, que tem como uma das fundadoras a brasileira Michelle Heymann, receberá 2,5 milhões de euros do programa Horizon 2020.

Michelle estudou no programa Startup MBA do Technion e abriu sua empresa com uma colega de curso com a patente da Professora Shulamit Levenberg, diretora da Faculdade de Engenharia BioMédica.

A Nanosynex desenvolveu um teste que verifica rapidamente a resistência bacteriana aos antibióticos.

Leia na Revista Bras.il edição 11 a trajetória dessa brasileira de sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *