Tecnologia israelense verifica sinais vitais usando selfie

A pandemia de coronavírus ajudou a colocar a tecnologia de telessaúde no centro das atenções, à medida que mais e mais pessoas estão procurando novas maneiras de obter aconselhamento médico online sem ir ao consultório médico.

Uma solução que está ganhando popularidade internacional é o Binah.ai, que permite ao usuário medir seus sinais vitais simplesmente tirando uma selfie. A tecnologia da empresa pode medir a frequência cardíaca de uma pessoa, a variação da frequência cardíaca, nível de estresse mental, saturação de oxigênio, frequência respiratória, etc. apenas analisando o rosto de uma pessoa.

A solução, que é oferecida como um SDK nos aplicativos de seus clientes, é usada por 80 provedores de saúde e seguradoras em todo o mundo com centenas de milhares de usuários, relatou o The Jerusalem Post.

O CEO da empresa, David Maman, diz que o conceito se baseia em tecnologias existentes, “os smartwatches que muitas pessoas usam agora têm uma luz piscante na parte traseira que puxa um sinal fotopletismográfico (PPG)”, diz Maman. “O que fazemos é extrair o mesmo sinal PPG do rosto da pessoa. Analisamos a intensidade do reflexo da luz que sai do rosto da pessoa em direção à câmera”. “Essa tecnologia está disponível desde 1938, mais de 80 anos. No entanto, geralmente só funciona em um ambiente altamente otimizado. Isso com uma câmera de cinco canais e um ambiente de laboratório onde tudo está parado. O que fizemos foi adaptar a tecnologia para que você possa extrair os sinais vitais de qualquer smartphone. Isso não depende da cor da pele, sexo ou idade da pessoa”, explica.

LEIA TAMBÉM

“De acordo com a Organização Mundial da Saúde, metade do mundo não tem acesso a serviços básicos de saúde e o mundo se encaminha para uma enorme escassez de profissionais da área médica”, disse Maman. “Os custos com saúde estão disparando e cerca de 100 milhões de pessoas são levadas à extrema pobreza a cada ano devido aos custos com saúde”.

O kit de desenvolvimento de software da empresa permite que a solução seja integrada para uso em conjunto com outros aplicativos de telessaúde. A tecnologia é executada no dispositivo do usuário, não na nuvem, portanto, a privacidade do paciente é mantida em alto nível.

“O aplicativo pode ajudar a decidir se uma pessoa precisa ir ao médico”, disse Maman “Você também pode extrair sinais vitais durante uma sessão online com um médico. Ele pode agendar uma varredura de acompanhamento alguns dias depois, se necessário”.

“A American Heart Association publicou recentemente alguns documentos que mostram como o estresse se tornou um fator essencial em nossa atividade. Está relacionado à depressão, ansiedade, PTSD e quase tudo que o COVID-19 causa”, disse Maman. “A capacidade de medir o estresse de uma maneira muito melhor é inestimável”, disse ele.

“Os empregadores podem usar a tecnologia para ajudar a manter a segurança do local de trabalho quando os trabalhadores começarem a voltar ao escritório depois de meses trabalhando em casa”, acrescentou.

Binah.ai está atualmente trabalhando para obter a aprovação do FDA e da EMA para o aplicativo. Isso o tornaria disponível para hospitais e clínicas em todo o mundo.

Fonte: Vis A Vis
Foto: Binah.ai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *