Aparelho ajuda a evitar afogamento

Um aparelho israelense que “varre” o interior das piscinas durante 24 horas – alimentado por energia solar, equipado com uma câmera altamente sensível e software de inteligência artificial – ajuda a evitar o afogamento e já está à venda no país e na Grã-Bretanha.

O sistema Coral Manta 3000 é projetado para piscinas residenciais e ativa um alarme quando o software detecta situações perigosas ou movimentos estranhos de pessoas nadando no local.

A Coral Detection Systems, criadora e fabricante do sistema, assinou um acordo com a SPSC, um dos maiores distribuidores da indústria pública de segurança de piscinas no Reino Unido. O acordo inclui a distribuição a um mercado potencial de 250.000 piscinas residenciais em todo o Reino Unido, um valor estimado de aproximadamente US$ 500 milhões.

Dados recentes citados pela empresa indicam que mais de 400 pessoas se afogam no Reino Unido a cada ano, e outras milhares sofrem experiências de quase afogamento. Em Israel, dados do Magen David Adom indicaram que, somente entre meados de março e início de setembro de 2018, 51 das 201 pessoas resgatadas por afogamento em piscinas e praias do país morreram, incluindo 13 crianças. Os porta-vozes da empresa israelense, sediada em Tel Aviv, asseguraram que o sistema é “único no mundo”. Consiste em um dispositivo hexagonal que fica em um dos cantos da piscina, de onde é implantada uma câmera associada a um software que usa inteligência artificial para “digitalizar” os movimentos.

Quando detecta movimentos estranhos, permanências prolongadas debaixo d’água, pessoas que não se movem ou caem no fundo, o sistema ativa um alarme sonoro. Em caso de alarme falso, ele pode ser desativado de um aplicativo no celular, explicaram eles.

A empresa lembrou que “uma resposta imediata é essencial”, porque quatro a cinco minutos sem oxigênio “podem causar danos cerebrais irreversíveis às crianças”. Entre os adultos, “esse tempo diminui para três a quatro minutos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *