Arábia Saudita investirá em startups israelenses

A Arábia Saudita está pronta para investir milhões de dólares do fundo soberano do reino em empresas israelenses, informou o Wall Street Journal.

Israel e Arábia Saudita não têm relações diplomáticas, embora os dois países mantenham uma cooperação de segurança silenciosa.

De acordo com o jornal, a medida é a primeira instância conhecida de dinheiro do Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita sendo direcionado a Israel e pode ajudar a abrir caminho para os dois países normalizarem os laços.

O Wall Street Journal informou que a Affinity Partners investirá US$ 2 bilhões do fundo saudita. A reportagem não especificou quanto deste montante seria direcionado para Israel, mas observou que duas startups não especificadas já foram selecionadas para investimento.

Segundo a reportagem, como parte do acordo, a Arábia Saudita também permitiria que empresas israelenses investissem na economia saudita por meio da Affinity.

“Em conversas com líderes sauditas, [a Affinity Partners] os advertiu de que seu país poderia perder acesso e oportunidades no que eles chamavam de ‘Vale do Silício do Oriente Médio’ para vizinhos que assinaram os Acordos de Abraham”, escreveu o jornal.

LEIA TAMBÉM

O príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman atua como presidente do Fundo de Investimento Público de US$ 600 bilhões. Autoridades sauditas se recusaram a comentar.

Affinity Partners é uma empresa de private equity lançada por Jared Kushner, que também é genro do ex-presidente Donald Trump. Kushner foi um importante intermediário nos acordos de Abraham, que trouxeram acordos de paz entre Israel, Marrocos, Bahrein e Emirados Árabes Unidos.

O jornal também informou que Kushner está cortejando investimentos da Indonésia e do Catar em Israel.

Fonte: United With Israel
Foto: Canva