Autoridades de saúde temem sexta onda de COVID

As autoridades do Ministério da Saúde estão muito preocupadas com o aumento do coeficiente de infecção por COVID-19 e o chefe do gabinete do coronavírus, Prof. Salman Zarka, vem alertando em discussões internas sobre uma sexta onda de infecções.

O Canal 12 informou no domingo que a fonte do aumento do coeficiente de infecção nos últimos dias, de 0,65 para 0,85, provavelmente se deve a surtos em lares de idosos e também a descuidos após a quinta onda.

“O COVID-19 ainda está aqui”, alertou Zarka, dizendo que estão sendo feitos esforços para conter surtos em lares de idosos, distribuindo testes domiciliares de antígenos, testes semanais de PCR e investigações epidemiológicas.

A próxima semana será crítica e o número de pacientes em estado grave será monitorado, disse. “Se virmos um aumento, infelizmente estaremos em uma tendência de mudança que teremos que pensar”.

LEIA TAMBÉM

No sábado, foram detectados cerca de 4.000 casos positivos e o coeficiente de infecção foi de 0,87.

A Organização Mundial da Saúde alertou nos últimos dias que a pandemia de COVID-19 está longe de terminar e que pode haver ondas de infecção e outras variantes.

Fonte: Israel National News
Foto: Jernej Furman (Flickr) 

2 thoughts on “Autoridades de saúde temem sexta onda de COVID

Fechado para comentários.