Israel abre para turistas não vacinados

O primeiro ministro Naftali Bennet anunciou, na tarde deste domingo, que turistas de todas as idades poderão entrar em Israel independentemente do status de vacinação a partir de 1º de março, sujeitos a um teste PCR negativo antes da decolagem e após o pouso.

A decisão foi anunciada após uma reunião entre Bennett e o ministro da Saúde Nitzan Horowitz, com a participação do ministro do Turismo Yoel Razvozov e vários outros, na qual foi finalizado um projeto para o alívio das restrições ao coronavírus em Israel.

Além da decisão de reabrir o país para turistas vacinados e não vacinados, o novo plano prevê o fim das políticas de isolamento para israelenses não vacinados que entram no país, sujeitos a um teste PCR negativo na chegada.

Além disso, os israelenses que entrarem no país não precisarão mais realizar um teste de antígeno ou PCR antes de embarcar em um voo de volta e, em vez disso, só serão obrigados a fazer um teste de PCR na chegada ao Aeroporto Ben Gurion. A decisão também entrará em vigor a partir de 1º de março.

Várias mudanças significativas também serão feitas nas políticas de coronavírus no sistema educacional.

A partir desta quinta-feira, 24 de fevereiro, as crianças do ensino médio não serão mais obrigadas a realizar testes de antígeno duas vezes por semana. Duas semanas depois, a partir de 10 de março, a exigência será abolida também para crianças em idade escolar primária.

LEIA TAMBÉM

“Estamos vendo um declínio constante nos dados de morbidade, então é hora de abrir gradualmente”, disse Bennett.

Na semana passada, os ministros concordaram que não estenderiam o sistema de Passaporte Verde para o que estão vacinados, se recuperaram do COVID-19 ou testaram recentemente negativo para o vírus.

Fonte: The Jerusalem Post
Foto: Reijo Telaranta (Pixabay)

3 thoughts on “Israel abre para turistas não vacinados

Fechado para comentários.

%d blogueiros gostam disto: