Carta a um covarde canalha

Por Marcos L Susskind

Em 14 de abril de 2019, mais de um ano atrás, escrevi ao político Ciro Gomes por diversos canais. Foram tantos canais que duvido que ele não tenha lido.

Na carta afirmei: – “Já ouvi, mais de uma vez, seu repúdio aos covardes e se não houver resposta a esta carta, o considerarei um covarde”.

O silêncio há mais de um ano já me permite usar o adjetivo covarde.

O coronelzinho do Ceará expressou em público, nos EUA, que a eleição de Jair Bolsonaro teria sido “custeada com dinheiro dos sionistas”.

Não é a única estupidez dele – junta-se a outras declarações como “a democracia na Venezuela”, e outras.

Pois este covarde se transformou num canalha ao repetir, esta semana, seu mantra racista e antissemita no programa do Rafinha Bastos.

O eterno perdedor Ciro, que não tem qualquer norte já que passou por sete partidos diferentes, finge ignorar que há sionistas de esquerda (que governou Israel por 44 anos), há sionistas de direita e há sionistas de centro.

Há sionistas religiosos e laicos, há sionistas conciliadores e outros raivosos.

Não há um perfil único.

Todas as diversas correntes têm apenas um ponto em comum: a consciência do inalienável direito do povo judeu à sua autodeterminação.

É bem possível que sionistas tenham contribuído com Bolsonaro – com ideias, elaboração de projetos e até com dinheiro.

Exatamente como há sionistas que contribuíram com Hadad, sionistas que contribuíram com Alkmin (de origem árabe), com Amoedo, com Meireles, com Marina etc.

Não há UMA corrente sionista como ele quer fazer crer.

Sua infeliz declaração tenta jogar os insatisfeitos contra a comunidade judaica, na mesma linha do abjeto Protocolo dos Sábios de Sião, tal como os inquisidores no Século XV/XVI, tal como Arquiduquesa Maria Tereza na Áustria, Kondratenko na Rússia, Khmelnitzky na Ucrânia e o mais abjeto: Hitler na II Guerra.

Ciro se colocou voluntariamente na lista acima, onde figuram os novos antissemitas como Mahatir Muhammad, Mel Gibson, Ahmadinejad, Erdogan e… Ciro Gomes.

Infelizmente mais um canalha covarde que usa seu racismo para atrair algum holofote.

Ciro, você fingiu não ler minha carta anterior.

Leia esta.

Eu o convido a debater este assunto frente a qualquer público.

Se aceitar, retiro o covarde do título.

Foto: EBC

3 comentários em “Carta a um covarde canalha

  • 18 de maio de 2020 em 21:55
    Permalink

    DEVEMOS CONDENA LO Á PRISÃO POR OUTRO CRIME DE CORRUPÇÃO POR EXEMPLO PARA NÃO ALASTRAR O ANTISEMITISMO NO NORTE DO BRASIL AGUARDEMOS AS SUBSTITUIÇÕES NO SENADO CONGRESSO APÓS AS ELEIÇÕES E PRICIPALMENTE NO STF
    SE O PRENDE LO AGORA VAI SER SOLTO IMEDIATAMENTE

    Resposta
  • 19 de maio de 2020 em 00:03
    Permalink

    As máscaras caem e esse sujeito cada vez mais afasta de qualquer possibilidade de concorrer ao cargo de presidente. A inveja e o desespero explica suas atitudes mesquinhas.

    Resposta
  • 20 de maio de 2020 em 04:56
    Permalink

    Senhor Marcos,quero Parabeniza-lo,por Fazer esse Favor,para Grande parte ou, me Arrisco a Dizer,para todos os Brasileiros,escrevendo esa Carta,tão Maravilhosamente Explicada,Muitas coisas,não Sabíamos.Mas,de seu Caráter,do Cinismo,do Ar diabólico,Debochado,isso Sim,Conhecemos.O Povo Brasileiro é Pacato e,tem Suportado,tanto esse NADA,como existem outros Siros,aqui,que Também,passou da hora,de uma Força Maior,Terreste Fazer Justiça porque,Não sei o que será,de nós,se Não Colocar esses Obstáculos Terríveis e,diabólicos,de Nosso Caminho,para podermos ter um pouco de PAZ! “A JUSTIÇA DE DEUS,TENHO CERTEZA QUE,ESTÁ BEM PERTO,DE ACONTECER!”

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *