Centenas celebraram festa de Purim em Tel Aviv

Ontem, 24 horas antes do toque de recolher noturno, centenas de jovens celebraram a festa de Purim em Tel Aviv. Imagens mostram uma multidão na área do Shuk HaCarmel, na região central da cidade, a maioria deles sem máscara.

A festa começou ontem à noite antes do fechamento noturno, que vai de hoje (quinta-feira)  às 20h30 até as 5h da manhã de amanhã, repetindo-se de sexta para sábado. Durante o toque de recolher, as festas serão proibidas, a circulação de pessoas será limitada a um quilômetro do local de residência, não se poderá ficar na casa de outra pessoa e o transporte público será reduzido em 50%.

O comissário corona, Prof. Nachman Ash, condenou a festa e chamou-a de ultrajante. “Imagens ultrajantes de uma multidão irresponsável”, disse ele. “Advertimos todos os dias, em todas as fases possíveis, sobre a importância de seguir as diretrizes e manter a saúde de todos nós para derrotar a perigosa praga”, disse Ash. “E no final nós nos deparamos com as imagens ultrajantes de celebrações e encontros irresponsáveis ​​em massa.”

“A responsabilidade também está nas mãos do público e é muito lamentável que seja assim que eles optem por se comportar atualmente, quando os índices de morbidade ainda são altos”, acrescentou.

LEIA TAMBÉM

O prefeito de Tel Aviv, Ron Huldai, também respondeu à questão, atacando que “quem quer que tenha participado das festas de ontem na cidade está subestimando a saúde pública e nossos esforços supremos para deter a praga”.

Em relação à continuação dos feriados, Huldai anunciou que “instruiu os órgãos de fiscalização municipais a agirem com determinação durante o feriado para evitar aglomerações e implementar as diretrizes”.

A polícia divulgou o mapa de bloqueio completo antes do toque de recolher do feriado. Serão implantados 24 postos de controle em todo o país durante o horário de toque de recolher. As multas que serão impostas para a realização de festas ou eventos durante o feriado variam de 5 a 10 mil shekels. A multa por violar o toque de recolher noturno será de 500 shekels. O toque de recolher não se aplica a localidades com maioria não judia.