Exército cancela show aéreo no Yom Haatsmaut

O Exército israelense anunciou que cancelará seu tradicional espetáculo aéreo do Yom Haatsmaut (Dia da Independência) para impedir que as pessoas se reúnam para assistir ao show dos aviões e outros veículos aéreos militares.

Em vez do tradicional sobrevoo nacional, quatro aviões realizarão acrobacias sobre os hospitais de todo o país como um sinal de solidariedade com o pessoal de saúde.

O cancelamento foi a medida mais recente de uma série de decisões tomadas pelo governo para adaptar as celebrações nacionais do país à pandemia do coronavírus.

O sobrevoo da Força Aérea, um destaque das celebrações anuais do Dia da Independência (que começam na noite de 28 de abril e continuam até o dia seguinte), normalmente apresenta caças, aviões de transporte, helicópteros e outras aeronaves sobrevoando diferentes partes do país ao longo do dia. Os aviões de acrobacias também realizavam shows nas praias e em outros locais populares, atraindo frequentemente milhares de espectadores.

“Quatro aviões Efroni sobrevoarão os hospitais do país e saudarão os esforços das equipes médicas e de todo o sistema de saúde, que estão em guerra contra o coronavírus”, afirmou o porta-voz do Exército.

A IDF anunciou que os aviões acrobáticos farão um teste inicial na segunda-feira, alertando aqueles que estão perto dos hospitais para não se assustarem com a visão.

A luta contra o coronavírus também causou um declínio nas vendas de acessórios para as comemorações do Dia da Independência. As vendas de bandeiras e acessórios relativos à data caíram 40%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *