Exército israelense inicia vacinação

A IDF (Forças de Defesa de Israel) inicia hoje a operação de vacinação em massa de seus soldados e oficiais.

Esta iniciativa visa manter a continuidade da capacidade operacional da IDF e manter os soldados seguros e saudáveis.

Na primeira semana da operação, cerca de 6.000 soldados e oficiais deverão receber a vacina.

O porta-voz das IDF, Brig.-Gen. Hidai Zilberman disse no domingo que de acordo com o sistema de priorização dos militares, os dois primeiros grupos a receber as vacinas serão oficiais de saúde e médicos da IDF e soldados com problemas de saúde pré-existentes, como hipertensão e diabetes.

Esta semana ainda, a IDF vai abrir seis centros de saúde onde os soldados podem receber as vacinas: base Palmachim para a IAF (Força Aérea), base Betzet para a Marinha, base Gliliot para as unidades de inteligência e três bases regionais do Corpo Médico no Norte, Centro e Sul.

LEIA TAMBÉM

Zilberman disse que a IDF recebeu cerca de 50.000 doses da vacina Pfizer do Ministério da Saúde, o que é suficiente para vacinar cerca de 25.000 militares.

Ele acrescentou que na próxima semana, os militares estão planejando criar outros 11 centros de vacinação e aumentar o número semanal de vacinações para 12.000 a 17.000.

Depois desses grupos, a IDF realizará vacinações entre os oficiais do alto comando, em seguida nas unidades especiais de combate e, finalmente, no restante do exército.

A divisão que está liderando esta operação é a Diretoria de Tecnologia e Logística, que é supervisionada pelo Subchefe de Gabinete Eyal Zamir.

Zilberman destacou que o Exército armazenará, transportará e utilizará as vacinas de acordo com os regulamentos do Ministério da Saúde.

Sobre a obrigação da vacina, Zilberman disse que, a partir de hoje, a IDF está lançando uma campanha para incentivá-los a fazer isso.

“Nosso objetivo nesta campanha”, disse ele, “é fazer com que os soldados entendam que esta vacina salva vidas e é segura. Faremos isso em várias plataformas para entregar essas informações, então teremos uma alta taxa de vacinação”.

Ele também acrescentou que os militares não obrigarão os soldados que se recusam a tomar a vacina.

Foto: IDF

2 thoughts on “Exército israelense inicia vacinação

Fechado para comentários.