Foguetes atingem travessia reaberta para ajuda humanitária

Os médicos e paramédicos do Magen David Adom (MDA) deram tratamento médico a um soldado de 19 anos e o transferiram para o Centro Médico Barzilai de Ashkelon em condição estável com um estilhaço na parte superior do corpo, após outra enxurrada de foguetes atingir a região ao redor a Faixa de Gaza e o sul de Israel na tarde de terça-feira.

A unidade do soldado supervisionava a distribuição de ajuda humanitária para a Faixa de Gaza, enquanto Israel reabria a passagem da fronteira de Kerem Shalom para permitir a transferência de gás, alimentos e remédios para os residentes da Faixa.

O IDF disse que os morteiros caíram quando um comboio de caminhões carregando ajuda doada por organizações internacionais de ajuda estava cruzando para o enclave costeiro. Pelo menos um morteiro atingiu a travessia Erez, enquanto vários outros foram disparados contra a travessia Kerem Shalom. Após o ataque, as IDF suspenderam a entrada do restante dos caminhões.

A fronteira foi fechada no último domingo, quando a polícia prendeu 15 pessoas atirando pedra perto do cruzamento.

A fronteira tinha sido fechada pela última vez por Israel em agosto, quando o lançamento de foguetes e balões incendiários de Gaza bombardearam as comunidades do sul de Israel. Na época, ele permaneceu aberto para ajuda humanitária essencial e combustível, como deveria ser o caso novamente.

LEIA TAMBÉM

Kerem Shalom é a principal passagem comercial de Gaza para entrar em Israel e, como tal, seu fechamento reflete o nível de intensidade que os conflitos alcançaram.

Desde o início do novo conflito, doze pessoas em Israel perderam a vida por causa do lançamento direto de foguetes.

Cerca de 105 israelenses foram feridos por estilhaços, outros 194 enquanto corriam para abrigos contra bombas e 218 outros foram tratados por sintomas de estresse pós-traumático, de acordo com o MDA.

Fonte: The Jerusalem Post
Foto: Abed Rahim Khatib (Flash90)

2 thoughts on “Foguetes atingem travessia reaberta para ajuda humanitária

Fechado para comentários.