Governo se reúne no Shabat sobre Ucrânia

O primeiro-ministro Naftali Bennett realizou uma reunião de emergência com altos funcionários de segurança e diplomatas, no sábado, devido aos crescentes temores de uma iminente invasão russa da Ucrânia, informou o The Times of Israel.

O gabinete de Bennett disse que a reunião no dia de descanso judaico foi realizada “para acelerar os preparativos para evacuar os israelenses do país”, se necessário.

A reunião contou com a presença do Ministro das Relações Exteriores, Yair Lapid, e do Conselheiro de Segurança Nacional, Eyal Hulata, entre outros. Outra reunião estava prevista para acontecer no final do dia.

Israel alertou seus cidadãos a considerarem deixar a Ucrânia, mas ainda não ordenou que saíssem imediatamente, como fizeram outras nações, incluindo os Estados Unidos.

O ministro da Defesa, Benny Gantz, instruiu as Forças de Defesa de Israel a se prepararem para a possibilidade de ajudar a retirar israelenses do país, de acordo com seu gabinete de segurança.

Companhias aéreas israelenses oferecerão voos para fora da Ucrânia devido ao temor de ataque russo. Os aviões da Arkia Airlines partirão para o país do Leste Europeu na segunda e terça-feira, após o pedido do Ministério das Relações Exteriores para que os israelenses atualmente considerem a saída.

LEIA TAMBÉM

O ministro de Assuntos da Diáspora, Nachman Shai, diz que Israel deve começar a preparar planos para a “imigração de emergência” de judeus da Ucrânia em caso de invasão russa.

“Israel é o lar nacional do povo judeu. Se a comunidade judaica na Ucrânia encontrar dificuldades como resultado de um conflito entre a Rússia e a Ucrânia, devemos oferecer a eles uma solução imediata de imigração de emergência para Israel agora”, escreveu Shai no Twitter.

Os Estados Unidos também estão retirando quase todos os seus soldados restantes da Ucrânia, anunciou hoje o Pentágono, à medida que as tensões aumentam sobre uma possível invasão russa.

Fontes: The Times of Israel e Noticias de Israel
Fotos (montagem): Wikimedia Comons