Hezbollah dispara 19 foguetes contra Israel

Dezenove foguetes foram disparados contra o norte de Israel, a partir do Líbano na manhã desta sexta-feira. Residentes em várias cidades nas Colinas de Golã e da Galileia correram para abrigos.

As Forças de Defesa de Israel (FDI) disseram que 10 projetis foram interceptados pelo sistema de defesa de mísseis Iron Dome e seis caíram a céu aberto ao redor do Monte Dov. Outros três não conseguiram ultrapassar a linha da fronteira e caíram em território libanês, de acordo com os militares.

O alarme soou pouco antes das 11h em Ein Quiniyye, Neveh Ativ e Snir, perto da fronteira norte de Israel com o Líbano e a Síria.

O grupo terrorista Hezbollah, apoiado pelo Irã, confirmou que disparou os foguetes, que disse ser em resposta aos recentes ataques aéreos israelenses no Líbano. “A Resistência Islâmica bombardeou áreas abertas perto das Fazendas Sheba com dezenas de foguetes de 122 mm”, disse um jornal de língua árabe.

As FDI disseram que começou uma onda de ataques de artilharia em direção à fonte do fogo de foguete. Não houve relatos de vítimas ou danos no ataque. O serviço de ambulâncias Magen David Adom disse não ter conhecimento de nenhum ferido.

LEIA TAMBÉM

O primeiro-ministro Naftali Bennett, o ministro da Defesa Benny Gantz, o chefe de gabinete das FDI, Aviv Kohavi, e outros oficiais de segurança devem manter conversações para revisar os possíveis cursos de ação de Israel após o ataque de sexta-feira.

A missão de paz da ONU no Líbano, conhecida por sua sigla UNIFIL, disse na sexta-feira que a situação era “muito séria”.

“A UNIFIL detectou lançamentos de foguetes do Líbano e resposta com fogo de artilharia de Israel. Esta é uma situação muito séria e exortamos todas as partes a cessar o fogo”, disse a UNIFIL em um comunicado.

Fonte: The Times of Israel
Foto: Basel Awidat (Flash90)