Israel avalia o fim do teste PCR para entrada

O Ministério da Saúde de Israel está considerando abolir a exigência de um teste Covid negativo para viajar ao país, informou o Canal 12 no domingo.

Atualmente, quem viaja para Israel deve apresentar um teste de PCR negativo feito dentro de 72 horas ou um teste de antígeno negativo feito 24 horas antes do horário de embarque.

O teste de PCR exigido para todos os passageiros que desembarcam no Aeroporto Ben Gurion permanecerá obrigatório.

A companhia aérea nacional de Israel, El Al, teria dito a funcionários do Ministério da Saúde que muitos países em todo o mundo não exigem que seus cidadãos apresentem um teste negativo antes de viajar. No entanto, ainda não está claro no relatório se as novas regras se aplicariam a cidadãos israelenses ou a todos os passageiros.

De acordo com a emissora, as autoridades apoiam a alteração ou a remoção completa da medida, acrescentando que quaisquer alterações nas restrições atuais ocorreriam após a queda da morbidade da Covid em Israel.

LEIA TAMBÉM

O CEO da El Al, Avigal Soreq, disse: “O Estado de Israel, como outros países ocidentais, tomou a decisão de viver ao lado do coronavírus”, segundo o The Times of Israel.

“A aviação internacional não é um luxo, mas faz parte da vida de todos. O mundo ocidental, assim como a Organização Mundial da Saúde, reconhece e entende que a aviação não é causa de mais morbidade, e as restrições ao movimento entre países foram consideradas uma ferramenta ineficaz na prevenção da propagação do vírus”, continuou ele.

Fonte: The Algemeiner
Foto: Canva

One thought on “Israel avalia o fim do teste PCR para entrada

Fechado para comentários.