Israelenses precisarão permissão de viagem para a Europa

A partir de maio de 2023, os israelenses precisarão de autorização de viagem para visitar os países europeus, devido à um novo sistema que visa limitar os riscos apresentados por viajantes de estados isentos de visto.

A iniciativa, conhecida como Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (ETIAS), exigirá que os visitantes enviem pedidos online para aprovação e paguem uma taxa de cerca de sete dólares para viajar.

O sistema totalmente automatizado visa combater os riscos de segurança, identificar a migração irregular e descobrir ameaças epidêmicas entre visitantes de países isentos de visto, de acordo com a Comissão Europeia.

A Comissão Europeia espera que a implantação do ETIAS reduza a burocracia, acelere as verificações nas fronteiras, ajude as autoridades a avaliar as ameaças e reduza o número de pessoas recusadas a entrar nos pontos de passagem de fronteira.

LEIA TAMBÉM

Embora a maioria dos viajantes deva receber a permissão minutos após o envio de seus pedidos, a autorização de viagem poderá levar até 30 dias em alguns casos em que sejam necessárias verificações de segurança adicionais.

Com a implementação do ETIAS, visitantes de 63 países, incluindo Israel, Brasil, Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Japão, precisarão obter esta autorização obrigatória antes de viajar para a Europa.

Fonte: The Algemeiner
Foto: Canva

One thought on “Israelenses precisarão permissão de viagem para a Europa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.